Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Cinema (brasileiro :P)



Eu sei que muita gente torce o nariz para o cinema brasileiro. Tem alguns que odeiam até a música brasileira (esses, realmente, uns loucos). Mas eu dou razão para quem não curte as produções do nosso cinema. Eu particularmente só fui ao cinema assistir a um filme que não fosse de animação uma vez na vida (e ainda fui com a escola). Filme brasileiro, então, só assisti a dois : Caramuru e Auto da Compadecida. Francamente, gostei. Mas os filmes que estão passando atualmente na TV (e estão sendo exportados), meu Deus! Mostram um Brasil pobre, violento, deprimente.


Não é à toa que muitos estrangeiros têm uma má impressão do nosso país e do nosso povo. Nunca esquecerei um comentário da professora de Geografia, exatamente sobre isso, na sétima série: ela disse tudo o que eu acabei de escrever agora, e arremata contando sobre um filme (não sei se em pré-produção ou com estréia próxima) sobre tráfico de órgão que se passava no Rio de Janeiro.

Mas li várias críticas sobre um filme nacional que eu nunca tinha ouvido falar : A Máquina. Todas foram unânimes: um filme excelente, bem produzido, com ótimo elenco, etc e tal. Esse eu tenho certeza de que não chegou em nenhum dos três cinemas da minha cidade! Na verdade, eu gosto bastante do ator principal. É até uma história incomum: eu o vi pela primeira vez em um programa educativo sobre História do Brasil, em comemoração dos 500 anos do descobrimento. (Eu adoro História, mas não necessariamente a do Brasil) Eu espero todo ano pelo dia 10 de dezembro, para poder rever a série!

Bem, voltando ao início, o ponto é: os EUA, produtores de grandes filmes, também têm miséria, violência e vários problemas sociais? Mas eles não fazem tantos filmes sobre isso como nós. Preferem ações, aventuras e comédias. E quem vai para lá acha que tudo é maravilhoso, de "primeiro mundo". Porque ninguém quer ir ao cinema para ver só desgraça ( a não ser que se trate de um masoquista), afinal, para isso temos telejornais!

Vamos assistir a interessantes e divertidos filmes estrangeiros, apreciar a boa música (tanto estrangeira quanto brasileira) e rezar para que sejam feitos filmes nacionais leves e atraentes! Amém.

Um comentário:

Rubi disse...

Acabei encontrando este post por acaso, e realmente, algumas produções brasileiras nos deixam um pouco frustrados. Eu particularmente gosto de alguns filmes (O Auto da Compadecida, Central do Brasil, Tapete Vermelho, enfim) e eu acho que o Brasil tem muito a oferecer, pois os atores são ótimos. Só o que falta é um pouquinho mais de ousadia por parte dos produtores... sair um pouco do trivial ... mostrar ao mundo que nós também podemos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...