Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

domingo, 26 de outubro de 2008

Razão X Emoção


Quem já passou pelo sétimo ano do Ensino Fundamental ou pelo primeiro do Ensino Médio e prestava atenção na aula já deve ter ouvido falar do confronto entre RAZÃO e EMOÇÃO, fonte de dúvida para os Renascentistas.
Mas eu percebi que esse conflito não foi algo passageiro, que só afetou os homens dos séculos XV e XVI. Ele afeta todos até hoje. Observe que, ao seu redor, devem existir tanto pessoas muito racionais quanto extremamente emotivas. Posso dizer que eu sou mais racional. E isso me traz problemas em larga escala.

Por mais incrível que pareça, eu convivo com pessoas muito emotivas. Elas são mais ligadas a essas coisas de família, relacionamentos, vida social... Enfim, vêem melhor o lado emocional, bonito ou triste, das coisas. Eu prefiro ver o lado prático. Em uma situação de mudança, por exemplo, enquanto todos reclamam, choram ou se alegram, eu fico bolando planos e mais planos para me adaptar.
Eu fico quieta a maior parte do tempo, em todas as situações, para evitar entrar em atrito (mais do que já acontece, é claro). Mas chega uma hora que vc precisa emitir sua opinião (super racional) e aí vem: olhares surpresos, repreensões, discussões. A vida não é fácil como parece para uma garota de 15 anos.

Por fim, cabe a nós pensar: talvez o mundo fosse mais bonito e romântico se só houvessem pesoas emotivas. Mas poderia não haver toda a tecnologia que existe hoje. Por outro lado, se só existissem pessoas racionais, viveríamos com total conforto e sem problemas, mas nossas vidas seriam completamente sem-graça.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...