Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Como formar novos cinéfilos clássicos no Dia das Crianças

O Dia das Crianças pode já ter passado, mas isso não é motivo para nos esquecerrmos do chamado “futuro da nação”. Principalmente se é possível garantir que esse futuro seja recheado de filmes cássicos. Não é fácil, mas há algumas formas de introduzir as crianças ao maravilhoso mundo do cinema antigo!

1-     Charles Chaplin: O humor de Chaplin é atemporal. Abusando da comédia corporal, do carisma e das boas intenções do adorável vagabundo, seus filmes agradam a todos e ultrapassam gerações, sendo um ótimo começo para o amor pelo cinema.
2-     Irmãos Marx: Comediantes com o mesmo apelo atemporal de Chaplin, mas desta vez usando o som como recurso, o tresloucado quarteto (e, mais tarde, trio) foi capaz de criar situações engraçadíssimas, usando o nonsense com maestria.

3-     Filmes mudos: Crianças pequenas tendem a ser mais tolerantes que as mais velhas. Assim, elas provavelmente não torcerão o nariz de cara para os filmes mudos. Além de Chaplin, as comédias de Buster Keaton, Harold Lloyd e O Gordo e o Magro são ótimas pedidas. Só não vale passar Griffith para o pimpolho.
4-      O Mágico de Oz: Hoje no Brasil esse não é o clássico absoluto da infância, mas em outros países ele é a porta para o mundo do cinema. A voz de Judy Garland, a turma carismática, a história comovente e a mensagem edificante o transformaram em um filme comovente e adorado por pessoas de todas as idades em todos os lugares.
5-     Filmes de Walt Disney: Disney produziu longas de 1937 a 1967, a Era de Ouro de seu estúdio. Assim como eu fui, milhões de crianças são familiarizadas com essas produções desde cedo e, posso dizer por experiência própria, é uma ótima maneira de se tornar cinéfilo.
   6- A Noviça Rebelde: Uma freira bondosa conquista sete crianças determinadas a enfernizar todas as governantas que o pai contrata. Ela também amolece o coração do severo viúvo Capitão Von Trapp. Em meio aos perigos do nazismo e às paisagens deslumbrantes da Áustria, o filme conquistou milhões de fãs e tem especial apelo junto ao público infantil.

   7-  Clássicos infantis: Vale “As aventuras de Huckleberry Finn”, “Lassie”, “A mocidade é assim mesmo”, “A felicidade não se compra” e outros filmes inspiradores. Há sempre uma série de clássicos da infância que são indispensáveis na formação de qualquer ser humano (e não só “O Pequeno Príncipe”).
8-     Musicais: Esteticamente apelativos; coloridos e singelos, os musicais antigos tendem a agradar às crianças. Através de belas músicas, emocionantes coreografias e grandes intérpretes, filmes como “Agora seremos felizes”, “Desfile de Páscoa” e “Sete noivas para sete irmãos” são boas opções. oa de P  
9-     Faroestes (não muito sangrentos): Talvez essa sugestão agrade mais aos meninos. Num episódio da série “Modern Family” o garoto Luke faz amizade com um senhor da vizinhança que lhe aconselha assistir a filmes como “Matar ou Morrer” ou “Os brutos também amam”. E não é que é um bom conselho?
10- Filmes de Gene Kelly: Responsável por alguns dos maiores e melhores musicais da História, Gene era talentoso, carismático, bonito e se dava muito bem com crianças! Prova disso é o número “I´ve got rhythm” de “Sinfonia de Paris”.
11- Filmes de Mickey Rooney: Hoje ele é um velhinho simpático, mas Mickey foi uma espécie de criança prodígio, protagonizando sua própria série de filmes singelos e vários musicais alto-astral com Judy Garland.
imp
12-  Filmes de Shirley Temple: Quer exemplo melhor para uma criança que ver outra criança se divertindo nas telas? Shirley foi queridinha de uma geração, ganhou um Oscar aos seis anos e, de certa forma, ajudou um país inteiro a passar pela recessão econômica durante a Grande Depressão. Talvez ela ajude os mais novos a gostar de cinema!

Tomara que essas ideias possam dar origem a uma nova geração de amantes dos clássicos. Agora é só colocar em prática. Se você não tem fillhos, pegue aquele sobrinho, priminho, vizinho ou criança mais quietinha que você conheça e ponha em prática essa saudável maratona cinematográfica com sua cobaia infantil. Ou (por que não?) redesperte a sua infância e aproveite esses clássicos para todas as idades.

13 comentários:

Hugo disse...

Muito legal vc citar os "Irmãos Marx".

Quase esquecidos nos dias de hoje, seus filmes são engraçadíssimos e críticos ao mesmo tempo.

É um tipo de humor que faz falta na atualidade.

Até mais.

peonia disse...

Obrigada por esta excelente mensagem. Escolheu bem os filmes. Maravilhosos, alguns dos quais encantaram as crianças da minha geração.
Este humor puro e simples cada vez é mais necessário nos dias que passam.
Até à próxima

peonia disse...

Obrigada por esta excelente mensagem. Escolheu bem os filmes. Maravilhosos, alguns dos quais encantaram as crianças da minha geração.
Este humor puro e simples cada vez é mais necessário nos dias que passam.
Até à próxima

Ana Coeli Ribeiro disse...

Nossa! o que dizer diante de tudo isso! Me encantou seu bolg pela descrição, muitos deles fizeram parte da minha infância.
Parabéns por tão pouca idade e muito saber. Obrigada pela carinhosa visita em meu blog, adorei te conhecer e já vou te seguir.
Muita Luz!
Ana

Geisa Machado disse...

Oi Lê!
Obrigada pela sua visita.
Demorei em aparecer por aqui porque quase não tenho entrado na blogosfera.
Muito bom o seu blog. Eu gosto muuuuuito de filme. Não chego a ser cinéfila (acho que é este o nome rsrsrs), gosto mesmo é de assistir.
Muito interessante essas dicas que deu pra crianças. Parabéns pelo seu trabalho!
Bjussss

Sonhadora disse...

Minha querida

Passando para agradecer a visita, e gostei bastante das dicas.

Um beijinho
Sonhadora

Zenobia Collares Moreira disse...

Olá, Lê!
Li seu recado no meu blog Páginas Avulsas de Literatura e vim conhecer seu espaço. Também adooooro cinema, especialmente de filmes das décadas de 50, 60 e 70 do século anterior.
Vou linkar seu blog no meu Rabiscos de Eva. (aqui pra nós, sou viciada em blogs, tenho oito, Quatro deles são literários, os outros são de assuntos variados, assinados com meu pseudônimo: EVA-RN. Obrigada pela visita e convite. Bjs.

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Adorei seu blog, estou seguindo,
quando puder me visite ok,
abração

Sandra Botelho disse...

Infelizmente as crianças de hoje só se prendem a video game e computador.
Os livros e o cinema estão ficando deixados de lado. Dai temos adolescentes que não sabem escrever.
è a vida moderna.
Bjos achocolatados

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Le, Realmente temos muito em comum, kkk, mais uma vez te parabenizo pelo seu blog, muito bem elaborado,Valeu por Sua visita e por suas Palavras, me siga para assim poder acompanhar minhas atualizações.abração

Wanderly Frota disse...

Muito bom, ótimas dicas!
Lembro com carinho da minha infância.
Super beijo

Sandra Botelho disse...

passando para deixar um beijo e desejar uma feliz semana. Bjos achocolatados

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Adoreeeei! Este lugar é encantado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...