Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

sábado, 5 de maio de 2012

Todos a bordo! Filmes com trens - Parte 2

Depois de uma rápida parada na estação ferroviária, convido todos vocês a subirem a bordo novamente para o resto da viagem pelos filmes que tratam de trens.

Pacto de Sangue / Double Indemnity (1944): A perigosa e sedutora Phyllis Dietrichson (Barbara Stanwyck) faz uma proposta ao vendedor de seguros Walter Neff (Fred MacMurray): se ele ajudá-la a matar o marido, eles fugirão com o dinheiro. O seguro que Neff faz prevê o dobro de indenização caso a morte aconteça em um trem, e ele se disfarça para que pensem que o marido de Phyllis morreu num misterioso acidente.

A Conquista do Oeste / How the West was Won (1962): Este épico em episódios contém uma sequência que trata da consrução de ferrovias. Zeb (George Peppard) é encarregado de proteger uma ferrovia dos índios que passam pelo local logo após a Guerra de Secessão.

Assalto ao trem pagador (1962): Baseado em um caso verídico, acontecido dois anos antes na Central do Brasil. Um grupo rouba o comboio que levava os pagamentos e planeja não gastar os 27 milhões de cruzeiros antes de um ano para não levantar suspeitas. No elenco estão Grande Otelo e Reginaldo Faria.

O Trem / The Train (1964): O coronel Von Waldhiem (Paul Scofield) coloca uma coleção de quadros em um trem rumo a Berlim. O inspetor-chefe da estação, Paul Labiche (Burt Lancaster), depois de uma série de problemas, é encarregado de conduzir o veículo até a Alemanha, que está sendo bombardeada pelos Aliados.
O Expresso de Von Ryan / Von Ryan’s Express (1965): Novamente tendo como plano de fundo a Alemanha da Segunda Guerra, desta vez quem está às voltas com um trem é Frank Sinatra que, após ser feito prisioneiro em um campo de concentração, deve pegar um comboio tendo como destino a Suíça, país neutro onde ele e outros cativos estarão a salvo.

Trens estreitamente vigiados (1967): Durante a Segunda Guerra, a Tchecoslováquia foi ocupada pelos alemães. É nesse cenário que um jovem, seguindo os passos do pai, decide ser ferroviário. Durante seu trabalho ele divaga, observa as pessoas, deseja ardentemente se envolver em um relacionamento e vive a conturbada época bélica.

O Trem (1973): Julien (Jean-Louis Trintignant) foge da invasão alemã no leste europeu via trem. Ele, que vai no vagão de carga, é separado da mulher e da filha, que viajam no vagão de passageiros. Durante o trajeto ele conhece a alemã Anna Kupfer (Romy Schneider), por quem se apaixona.

Assassinato no Expresso do Oriente / Murder on the Orient Express (1974): Na noite em que um trem para durante uma nevasca, ocorre um misterioso assassinato. Felizmente, o famoso detetive Poirot (Albert Finney) está a bordo e tem como complicada missão desvendar esse crime, em que todos os passageiros passam a ser suspeitos.

Thomas, o trem
Um Amigo Inesperado / After Thomas (2006): O menino Kyle é portador de uma forma grave de autismo. Para melhorar, sua avó sugere que ele tenha um bichinho. É aí que surge o labrador Thomas, batizado com o nome de um personagem de desenho animado que é um trenzinho.
Thomas, o cão
A invenção de Hugo Cabret / Hugo (2011): O órfão Hugo (Asa Butterfield) mora em uma estação de trens na Paris dos anos 1930. Ele acerta os relógios do local e, secretamente, tenta montar um autômato deixado pelo pai. Através deste objeto ele terá contato com uma lenda do cinema, o brilhante Georges Méliès (Ben Kingsley), que, contudo, não fazia filmes com trens.

Há uma infinidade de filmes com trens. Aqui foram listados só alguns, sendo que ficaram de fora as inúmeras películas em que alguém chega ou parte no trem, ou mesmo é esmagado por uma locomotiva. Chegamos à estação final. Espero que tenham gostado da viagem e me despeço com Judy Garland cantando enquanto embarca, claro, num trem.

11 comentários:

Iza disse...

Adorei a lista e o post. Amei o filme A Invenção de Hugo Cabret, é muito mas muito bom mesmo. Beijos :))

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

O Trem com Romy e Trintignant é maravilhoso...

O Falcão Maltês

Nathalia Ruggiero disse...

Muito interessante o post.
ötimas dicas de filme, especialmente nesse friozinho.

Tsu disse...

Oi Lê!
Ah mais filmes de trem! O Assassinato do Expresso do Oriente lembro que li o livro e depois vi o filme ^^
Ah sim..animes é uma dasm inhas paixões rs. Olha ultimamente o ramo de animes e mangás cresceu muito e temos obras para todos os gostos possíveis.. Ah sim..tem cosplayers que se superam na produção..acaso vc viu as demais sessões de cosplay no blog? Creio que vai gostar!
bjs

Iza disse...

Ainda não vi esse do Woody.. mas quero assistir Annie Hall... Beijos :))))

Sandra Botelho disse...

Quero assistir o ultimo...parece maravilhoso. Bjos achocolatados

Gilberto Carlos disse...

Adoro Assalto ao trem pagador, A invenção de Hugo Cabret e Assassinato no expresso oriente (apesar de ter gostado mais do livro de Agatha Christie).

Iza disse...

Quero aprender francês também... é tipo, necessário já que pretendo trabalhar com moda. Beijos :)))

Meire disse...

Oi Lê,

que legal seu blog menina, gostei muito desse post sobre os filmes de trens. Sou mineira então os trens sempre estiveram na minha história.

Bejim.

Meire disse...

Ah, obrigada pela visita ao meu blog.

Bejim.

O Narrador Subjectivo disse...

Bela ideia para uma lista, gostei! Cumprimentos

http://onarradorsubjectivo.blogspot.pt/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...