Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

The Terror of Tiny Town (1938)


Atualmente, um diretor muito prolífico faz, no máximo, dois filmes por ano. Em 1938, Sam Newfield fez 15 filmes em 12 meses – um a menos que no ano anterior. Obviamente, estes eram filmes de baixo orçamento feitos por pequenos estúdios – geralmente faroestes com menos de uma hora de duração. Mas um destes faroestes de 1938 se destaca: o bizarro “The Terror of Tiny Town”, um filme que tem de tudo.

Nowadays, a very prolific director makes, at most, two films a year. In 1938, Sam Newfield made 15 films in 12 months – which was one less than he did the previous year. Of course, those were low-budget films made for poverty row studios - often westerns that were under one hour long. But one of his westerns from 1938 stands out: the bizarre “The Terror of Tiny Town”, a film that has everything.


E quando eu digo que tem de tudo eu quero dizer TUDO mesmo: “The Terror of Tiny Town” é um faroeste musical com toques de comédia. Tem famílias rivais e uma trama com um romance ao estilo Romeu e Julieta, um xerife corrupto e ladrões de gado. Há um cozinheiro que persegue um pato para servir de alívio cômico, um pinguim em uma barbearia sem motivo algum e um número musical com homens de rosto infantil dublados com vozes de tenor. Tudo isso em apenas 60 minutos.

And when I say everything I mean EVERYTHING: “The Terror of Tiny Town” is a musical western with touches of comedy. It has rival families and a plot that involves a Romeo and Juliet kind of romance, a corrupt sheriff and cattle thieves. There is a cook chasing a duck for comic relief, a penguin at a barber shop for no reason at all and a musical number with baby-faced men dubbed with tenor voices. All this in only 60 minutes.


Em Tiny Town, um local no Oeste habitado apenas por anões, vivem duas famílias rivais: os Lawson e os Preston. Buck Lawson (Billy Curtis) se apaixona por Nancy (Yvonne Moray), sobrinha do patriarca Preston. Enquanto isso, o gado das duas famílias está sendo roubado, e o ladrão é Bat Haines (‘Little Billy’ Rhodes), um membro da família Preston que quer que a rivalidade continue indefinidamente. Ao seu lado Bat tem o corrupto xerife da cidade (Joseph Herbst) e uma namorada ciumenta identificada apenas como uma Vamp (Nita Krebs).

In Tiny Town, a place in the West inhabited only by little people, live two rival families: the Lawsons and the Prestons. Buck Lawson (Billy Curtis) is in love with Nancy (Yvonne Moray), the Preston patriarch’s niece. Meanwhile, cattle is being robbed from both families, and the thief is Bat Haines ('Little Billy' Rhodes), a member of the Preston family that wants the rivalry to go on indefinitely. On his side Bat has the corrupt town sheriff (Joseph Herbst) and a jealous girlfriend identified only as a Vamp (Nita Krebs).


Embora Tiny Town seja habitada apenas por anões, os cenários eram de tamanho normal. Isso significa que os atores quase sempre passavam por baixo da porta do saloon e das cercas. Eles também tinham de lidar com mobília normal, por vezes entrando dentro dos armários. O pior disso tudo é o tamanho de uma arma normal nas mãos pequenas dos atores. Estes detalhes foram, obviamente, pensados para serem engraçados, mas mostram como o único objetivo do filme era rir dos anões.

Although Tiny Town is inhabited only by little people, the sets were normal size. That means that the actors often passed under the saloon doors and under fences. They also had to deal with normal furniture, often entering inside closets. The worst of all is the size of a normal gun in the actors' small hands. Those details were, of course, thought to bring laughter, but they show that the film was made for exploitation purposes only.


E que outra opção eles tinham nos anos 30 além de serem explorados dessa forma? A inclusão é difícil até hoje, e naquela época os anões ou viviam trancados em suas casas ou em instituições de caridade ou entravam para o elenco de circos e shows de horrores. No cinema, eles eram usados, mais uma vez, como curiosidades ou como alívio cômico. Uma exceção é o surpreendente “Monstros” (1932), que tem como estrela um anão que se apaixona por uma trapezista. O astro de “Monstros”, Harry Earles, e boa parte do elenco de “The Terror of Tiny Town” tiveram mais uma oportunidade de brilhar em Hollywood como Munchkins em “O Mágico de Oz” (1939).

And what other option had a little person in the 1930s if not being exploited? Inclusion is difficult until today, and back then those people had to either live locked in their homes or in institutions or join circuses and freak shows. On film, they were used again as curiosities and sometimes as comic relief. One exception is the chilling “Freaks” (1932), that stars a dwarf who is in love with a trapeze girl. The star of “Freaks”, Harry Earles, and most of the cast of “The Terror of Tiny Town” had another opportunity to shine in Hollywood as Munchkins in “The Wizard of Oz” (1939).


A vida nem sempre foi tão difícil para os anões. No Egito Antigo, por exemplo, eles eram considerados seres divinos e tinham altos cargos junto ao faraó. A mesma coisa acontecia na China Antiga. Na Europa Moderna e Medieval, entretanto, os anões eram ou bobos da corte ou tratados como animais de estimação pela nobreza e monarquia. Quando começou a Era da Razão, eles passaram a ser exibidos como curiosidade ou estudados por cientistas que procuravam a cura do nanismo.

Life wasn’t always so difficult for little people. In the Ancient Egypt, for instance, they were considered divine beings and held high positions near the Pharaoh. The same happened in Ancient China. In Medieval and Modern Europe, however, little people were either court jesters or treated as pets by the nobility or the monarchs. As the Age of Reason started, they were either exhibited as freaks or studied by scientists looking for a cure for dwarfism.
 
A deusa egípcia Bes era uma anã /
Egyptian goddess Bes was a dwarf
Em quase todos estes casos, há um denominador comum: os anões não eram ouvidos. O diretor alemão Werner Herzog, em seu segundo longa-metragem, tentou dar voz aos anões ao mesmo tempo em que mandava uma mensagem mais profunda – e foi tudo uma bagunça... exatamente como ele planejou.

In almost all these cases, there is one thing in common: little people weren’t heard about what they wanted. German director Werner Herzog, in his second feature, tried to give a voice to little people while also sending a deeper message – and, boy, it was a mess... just as he intended.


Um anão é uma pessoa que, na idade adulta, mede menos de 1,20 m – o que significa que eu escapei por 30 cm. No filme “Os Anões Também Começaram Pequenos” (1970), vemos uma instituição de caridade habitada apenas por anões. Quando um destes internos, Pepe (Gerd Gickel), é detido pelo instrutor da instituição – que também é anão – e é acusado de atacar outra interna, todos os anões se rebelam, causando caos - e abuso animal.

A little person or a dwarf is a person who, as an adult, is less than 4 feet tall – which means that I escaped by a whole foot. In the film “Even Dwarfs Started Small” (1970), we see an institution inhabited only by little people. When one of those interns, Pepe (Gerd Gickel), is detained by an instructor of the institution – who is also a dwarf – and accused of attacking another intern, all little people revolt, resulting in chaos - and animal abuse.


Os anões se revoltam contra as regras do lugar, contra as atividades que eles têm de fazer 'porque faz bem à saúde', como caminhar ao ar livre, regar as plantas e cuidar dos animais. Você pode pensar que foi uma tentativa de dar voz a quem não era ouvido, mas por fim vemos que eles gostam de fazer coisas infantis – como pregar peças em dois anões cegos e encenar um falso casamento entre uma anã com alguma deficiência mental e o homem mais baixo do lugar, um cara chamado Hombre (Helmut Döring). Tudo em meio a muitas risadinhas.

The little people revolt against the norms of the place, against the activities they have to do 'for their health', such as walking outdoors, watering plants and taking care of the animals. You may think it was an attempt to give a voice to the voiceless, but eventually we see that they engage in childish adventures – like pranking two blind dwarfs and holding a fake wedding between a mentally impaired female dwarf and the shortest man there, a guy called Hombre (Helmut Döring). All in between many giggles.


À primeira vista, é difícil entender os temas subjacentes que Herzog adiciona aos seus filmes. Em “Os Anões Também Começaram Pequenos”, há o absurdo da situação toda, a ideia de que toda revolução termina em caos se não há foco e cooperação e muitos outros – porque cada espectador interpretará o filme de maneira diferente. Havia uma resão mais profunda e mais nobre para Herzog fazer este filme do que a exploração dos seus atores – mas só entendemos isso depois de refletir sobre o filme dentro da carreira do diretor.

It's difficult at first to understand the underlying themes Herzog adds to his films. In “Even Dwarfs Started Small”, there is the absurdity of the whole situation, the idea that all revolution ends in chaos if there is no focus and cooperation and many others – because all viewers will interpret the film differently. There was a deeper, nobler reason for Herzog to make this movie than simple exploitation – but we just understand that after reflecting upon the film inside of the director's career.


Recentemente, um monte de reality shows de televisão estrelando anões surgiu e teve muito sucesso. Há muita controvérsia sobre estes programas, em especial quando consideramos que muitos espectadores apenas os veem em busca do mesmo tipo de exploração que era oferecido pelos shows de horrores.

Recently, a plethora of reality TV shows starring little people appeared and became hits. There is a lot of controversy around those shows, in special considering that many viewers only follow the shows looking for the same kind of exploitation offered by freak shows.
Todos os atores de “The Terror of Tiny Town” já eram profissionais no palco, e continuaram atuando. A maioria dos atores de “Os Anões Também Começaram Pequenos” não era profissional, e quase todos eles fizeram apenas este filme e nada mais no cinema. “The Terror of Tiny Town” pode não ter beneficiado a carreira de nenhum de seus atores, mas imortalizou-os, e gerou um debate que nos mostra que ainda há muito a fazer para que os anões sejam incluídos no cinema como as pessoas completas, capazes, inteligentes e talentosas que eles são.

All actors in “The Terror of Tiny Town” were already professionals of the stage, and went on acting. Most actors of “Even Dwarfs Started Small” were not professionals, and almost all of them didn't do other films. “The Terror of Tiny Town” may not have furthered anyone's career, but it immortalized those little actors, and sparkled a debate that shows us that there is still a long way to go for little people to be fully included in movies as the whole, capable, intelligent and talented people they are.

This is my contribution to the So Bad It’s Good Blogathon, hosted by Rebecca at Taking Up Room.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

O Pesado (1920) / The Saphead (1920)


Uma peça da Broadway chamada “The New Henrietta” permitiu que dois dos maiores atores do cinema mudo renovassem suas carreiras. Depois de estrelar a peça na Broadway em 1915, Douglas Fairbanks era a escolha óbvia para protagonizar a adaptação para o cinema, “The Lamb” (1915) - seu primeiro filme. Quando um remake foi feito em 1920, Fairbanks, já um ídolo das telas, recomendou que Buster Keaton fizesse seu papel. E “O Pesado” (1920) foi o primeiro longa-metragem de Keaton.

A Broadway play called “The New Henrietta” allowed two of the biggest silent actors to do new things with their careers. Having starred the play on Broadway in 1915, Douglas Fairbanks was the obvious choice to star the film adaptation, “The Lamb” (1915) - his first film. When the film was remade in 1920, Fairbanks, already an established screen idol, recommended Buster Keaton for his role. And “The Saphead” (1920) was Keaton’s first feature film.


Os créditos não podiam ser mais fofos. Os perfis dos atores aparecem em pequenas janelas ovais, semelhantes a camafeus, então se movem e desaparecem, até aparecer o maior dos camafeus com o perfil de Buster. Nosso Buster é Bertie Van Alstyne, o filho do ricaço Nick de Wall Street (William H. Crane). O pai dele pode ser um magnata, mas a única preocupação de Bertie é conquistar uma garota adotada por seu pai, Agnes (Beulah Booker). A outra filha de Nick é Rose (Carol Holloway), casada com Mark Turner (Irving Cummings). Mark tem um grande problema: sua amante, Henrietta, tem vários cartas de amor para incriminá-lo.

The credits couldn’t be cuter. The actors’ profiles appear in little oval windows, like cameos, become animated and fade, until the biggest cameo, that has Buster. Our Buster is Bertie Van Alstyne, the son of the rich Nick of the Street, Wall Street of course (William H. Crane). His father may be a mogul, but Bertie’s only affliction is conquering his father’s protégé, Agnes (Beulah Booker). Nick’s other child is Rose (Carol Holloway), married to Mark Turner (Irving Cummings). Mark has a huge problem: his lover, Henrietta, has a lot of incriminatory love letters.


Bertie leu um manual para conquistar a mulher moderna, e por isso decide que precisa de reputação de bad boy, que fuma e joga, quando ele não consegue encontrar Agnes na estação de trem - porque ele foi à estação errada - ele decide sair com os amigos e ir até um cassino ilegal. Agnes fica com a impressão de que ele passa as noites com garotas, o que a entristece, porque ela também é apaixonada por Bertie.

Bertie has been reading a manual to win the modern lady, and wants to build a bad boy reputation, by gambling and smoking. When he can’t meet Agnes at the train station - because he went to the wrong station - he decides to go out with friends and go to an illegal gambling palace. Agnes gets the impression that he spends nights with other girls and becomes heartbroken, because she, too, loves Bertie.


Quando as coisas com Agnes parecem se acertar, Bertie é expulso de casa pelo pai, que não gostou de ver o filho envolvido no escândalo do cassino clandestino. Nick dá a seu filho parcos um milhão de dólares para que ele sobreviva até encontrar um emprego. Bertie estabelece sua nova residência no Hotel Ritz e passa a ser investidor na Bolsa de Valores - e quem poderia imaginar que os membros da Bolsa eram tão infantis? Enquanto isso, Mark está disposto a fazer qualquer coisa para não deixar a verdade sobre sua relação com Henrietta vir à tona. Para piorar as coisas, Nick passa a vender as ações de uma mina de ouro também chamada Henrietta.

When things with Agnes seem to be settled, Bertie is expelled from home by his father, who didn’t like Bertie involved in the scandal of the clandestine casino. Nick gives son only a million dollars so he can survive until he gets a job. Bertie establishes his new residence at the Ritz and becomes a stock broker - and who could have imagined that Stock Exchange members were so childish? Meanwhile, Mark is willing to do anything to not let the truth about his relationship with Henrietta surface. To make things worse, Nick starts handling the stock papers of a gold mine also called Henrietta.


Em “O Pesado” não há a mesma quantidade de comédia física a que um fã de Buster Keaton está acostumado. Claro, Buster cai da escada uma vez e dá uma cambalhota, mas é só isso. Pode não haver muito slapstick, mas mesmo assim a comédia em “O Pesado” é muito boa. Isso se deve ao cérebro perspicaz por trás do roteiro: June Mathis. June foi uma roteirista autodidata que se tornou a primeira executiva da história de Hollywood quando ela se tornou chefe do departamento de roteiros da Metro em 1918. June também foi responsável por lançar a carreira de Rodolfo Valentino. Ela faleceu em 1927, aos 40 anos, de ataque cardíaco, e foi enterrada ao lado de Valentino, que havia morrido no ano anterior.

There is not in “The Saphead” the common amount of physical comedy that a Keaton fan is used to. Sure, Keaton falls down the stairs once and does one somersault, but that’s it. There may not be so much slapstick, but the comedy in “The Saphead” is very good nonetheless. This is because of a witty mind behind the screenplay: June Mathis. June was a self-taught screenwriter who became the first female film executive in Hollywood when she became the head of the scenario department at Metro in 1918. June was also responsible for launching Rudolph Valentino’s career. She passed away in 1927, aged 40, from a heart attack, and was interred next to Valentino, who died the prior year.

June Mathis
O nome Irving Cummings soa familiar para você? Para mim ele certamente soou: nos anos 30 e 40, Cummings dirigiu diversos filmes na Fox, como “A Pequena Órfã” (1935) com Shirley Temple, “A vida de Alexander Graham Bell” (1939) e “Serenata Tropical” (1940). Cummings começou a dirigir em 1921, e foi indicado ao Oscar por “No Velho Arizona” (1928).

Is the name Irving Cummings familiar to you? He was certainly familiar to me: in the 1930s and 40s, Cummings directed several movies at Fox, like Shirley Temple’s “Curly Top” (1935), “The Story of Alexander Graham Bell” (1939) and “Down Argentine Way” (1940). Cummings started directing in 1921, and was nominated for an Oscar for “In Old Arizona” (1928).
 
Irving Cummings
O diretor de “O Pesado” é Herbert Blaché, o marido de Alice Guy. Ele e Alice fundaram a companhia Solax Film Co. em 1910. Em dezembro de 1919 os estúdios da companhia pegaram fogo, e Alice dirigiu seu último filme em 1920. Herbert, que trabalhava mais como produtor, passou a trabalhar mais como diretor a partir de então. Ele e Alice se divorciaram em 1922.

The director of “The Saphead” is Herbert Blaché, Alice Guy’s husband. He and Alice founded the Solax Film Co. in 1910. In December 1919 the Solax Studios caught fire, and Alice directed her last movies in 1920. Herbert, who had been working more as producer, started directing more from then on. He and Alice divorced in 1922.


Eu amei a decoração dos intertítulos. Desenhar intertítulos era uma arte - não nos esqueçamos de que Hitchcock começou no cinema nessa função. As figuras nos intertítulos não são espirituosas, mas escolhas óbvias, e mesmo assim elas adicionam charme a um filme já charmoso.

I loved how some title cards were decorated. Writing title cards was an art in itself - let’s not forget that Hitchcock started in movies by doing exactly that. The figures in the intertitles are more obvious than clever, bot they add a charming touch to an already charming movie.


Fairbanks pode não ter feito “O Pesado”, mas sua ausência não foi uma grande perda. Como Bertie, Buster Keaton é fofo, simpático e nós torcemos por ele. Não nos esqueçamos de que tanto Fairbanks quanto Keaton eram homens bastante atléticos - pensando assim, podemos concluir que eles não eram tão diferentes no final das contas.

Fairbanks didn’t do “The Saphead”, but his absence was not a big loss. As Bertie, Buster Keaton is cute, sympathetic and we root for him. Let’s not forget that both Fairbanks and Keaton were very athletic men - thinking like this, we can conclude that they weren’t so different after all.


Mesmo se você não conhece nada da Bolsa de Valores - assim como eu - você pode se divertir muito com “O Pesado”. O público de 1920 com certeza se divertiu: o filme foi um sucesso de bilheteria e Buster passou a ter seu nome no topo dos créditos a partir de então. “O Pesado” é diferente de tudo o que você já viu de Buster, e é também um marco em sua incrível carreira.

Even if you know nothing of the stock market - like me - you can enjoy immensely “The Saphead”. The 1920’s audiences sure did: the film was a box-office hit and Buster started receiving top billing from then on. “The Saphead” is different from everything you’ve seen Buster in, and it also was a milestone in his amazing career.

This is my contribution to the Fifth Annual Buster Keaton blogathon, hosted by Lea at Silent-ology.


domingo, 17 de fevereiro de 2019

A Fúria dos Justos (1955) / Trial (1955)


Quando passamos a assistir muitos filmes, vemos além dos grandes atores de praxe e começamos a prestar atenção nos coadjuvantes que roubam a cena. No pouco conhecido “A Fúria dos Justos” (1955), um desses coadjuvantes brilha: é Anthony Kennedy, que nos faz sentir todo tipo de emoção através de seu personagem.

Once we start watching more and more movies, we get past the usual great actors and start paying attention to character actors and supporting actors who are scene stealers. In the little known film “Trial” (1955), one of these supporting actors shines: Arthur Kennedy, who makes us feel all kinds of emotions through his character.


Quando uma adolescente more em circunstâncias misteriosas, o suspeito óbvio é o garoto que estava com ela, o adolescente latino Angel Chavez (Rafael Campos). Isto é horrível para o menino e para a mãe dele, que de repente se veem no centro da raiva de uma cidade inteira, mas é uma grande oportunidade para David Blake (Glenn Ford), um professor universitário que ia ser demitido porque não tinha experiência em julgamentos. Agora, com a ajuda do amigo Barney (Arthur Kennedy), ele pode ganhar a experiência necessária ajudando Chavez.

When a teenager girl dies in mysterious circumstances, the obvious suspect is the boy who was with her, Latino teen Angel Chavez (Rafael Campos). This is horrible for the boy and his mother, suddenly in the center of the rage of the whole town, but it is a great opportunity for David Blake (Glenn Ford), a college professor who was about to be dismissed because of his lack of experience in trials. Now, with his friend Barney's (Arthur Kennedy) help, he can earn his experience by defending Chavez.


Logo se aglomera uma multidão raivosa na frente da prisão, com o objetivo de linchar o garoto – assim como em “O Sol é para Todos” (1962). A multidão acaba não fazendo nada, mas a cidade inteira está de olho em David – e o país inteiro está de olho na pequena cidade, esperando para ver como eles irão punir o criminoso. E aqui está uma das preocupações de David: desde o início, todos estão prontos para punir o garoto, sem sequer ouvir a defesa dele.

Soon there is an angry mob in front of the prison wanting to lynch the boy – just like in “To Kill a Mockingbird” (1962). The mob does nothing, but the whole town is watching David – and the whole country is watching the tiny town, waiting to see how they punish a criminal. And here lies one of David's preoccupations: since the beginning, everybody is ready to punish the boy, without listening to his defense.


Ajudando David temos a secretária Abbe (Dorothy McGuire), e acusando o garoto temos o promotor Armstrong (John Hodiak), um homem cuja futura carreira política depende do seu sucesso no caso. Como podemos ver, há muito mais em jogo do que apenas a justiça.

Helping David we have the secretary Abbe (Dorothy McGuire), and accusing the boy we have attorney Armstrong (John Hodiak), a man looking for a political career that will depend of his success in the case. As we can see, there is much more than simple justice at stake.


Em “A Fúria dos Justos”, não vemos apenas o julgamento, mas também o que acontece nos bastidores. Muito dinheiro precisa ser arrecadado, em comícios que parecem comícios políticos, mas são na verdade um circo. No maior comício, outro problema surge, pois David e Barney aceitam doações do Partido de Todos os Povos, um grupo comunista.

In “Trial” we don't see only the trial, but also what happens backstage. A lot of money needs to be raised, in rallies that look a lot like political rallies, but are more like circuses. At the biggest rally, another problem arises as David and Barney accept donations from the All Peoples' Party, a communist group.


Vemos a parte suja do direito quando ele envolve a política. O funeral da vítima se torna um comício de supremacistas brancos quando o local é invadido por um grupo que quer explorar a morte dela para espalhar a ideologia racista deles. O discurso do supremacista branco sobre dividir as “raças”, desenhar uma linha divisória e buscar voltar aos velhos tempos é algo que poderia ter sido escrito ontem em um fórum da deep web ou em um tweet de Trump.

We see the dirty part of practicing law when politics get involved. The funeral of the victim becomes a white supremacy rally when invaded by a group wanting to exploit her death to spread their racist ideology. The white supremacist's speech about dividing the races, drawing a line and looking for the old times is something that could have been written yesterday in a deep web forum or in a Trump tweet.


Barney é mentor de David, é um advogado truculento, um showman, um manipulador, um homem histriônico e que sempre rouba atenção para si. Arthur Kennedy, indicado para um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelo papel, lida bem com um personagem tão complexo, enquanto Glenn Ford interpreta um personagem mais ingênuo e simpático. Kennedy foi indicado por cinco Oscars – quatro dessas indicações aconteceram em filmes dirigidos por Mark Robson, diretor de “A Fúria dos Justos” – mas ele nunca ganhou o prêmio. Entretanto, ele ganhou o Globo de Ouro por sua performance em “A Fúria dos Justos”.

Barney is David's mentor, a truculent lawyer, a showman, a manipulator, a histrionic speaker and a scene / attention stealer. Arthur Kennedy, nominated for a Best Supporting Actor Oscar for this role, handles well such a complex character, while Glenn Ford plays a more naïve and sympathetic one. Kennedy was nominated for five Oscars – four of those nominations were in movies directed by Mark Robson, director of “Trial” - but he never won. He won a Golden Globe for his performance in “Trial”, though.


Outra grande atuação é de Katy Jurado, que interpreta a mãe desesperada de Angel, Consuelo Chavez. O que mais se pode esperar de uma atriz que interpreta uma mãe cujo filho pode ser condenado à morte se for considerado culpado? Como Abbe, Dorothy McGuire interpreta uma secretária cuja mente é tão afiada quanto a de um advogado, e que também está sofrendo com a desilusão por causa da ética de trabalho de Barney – ou pela falta de ética dele.

Another great performance comes from Katy Jurado, who plays Angel's desperate mother, Consuelo Chavez. What else can you expect from an actress that plays a mother whose son can be hanged if he is guilty if not a lot of emotion? As Abbe, Dorothy McGuire plays a secretary whose mind is as sharp as any lawyer's, and who is also disillusioned with Barney's work ethic – or lack of one.


Os assuntos como o racismo contra Angel Chavez e o comunismo não são muito bem desenvolvidos – especialmente se considerarmos o MacCarthismo que se espalhava nos anos 50. Mesmo assim, “A Fúria dos Justos” é um ótimo filme, uma mistura única de “O Sol é para Todos” e “A Grande Ilusão” (1949) e, apesar de raramente aparecer nas listas de melhores filmes de julgamento, deveria com certeza figurar nas primeiras posições destas listas.

The issues like racism against Angel Chavez and communism are not so well developed – especially considering the MacCarthism going on in the 1950s. Nevertheless, “Trial” is a great movie, an unique mix of “To Kill a Mockingbird” and “All the King’s Men” (1949), and one that rarely appear in the list of best trial movies, but for sure deserved to figure in the first positions of those lists.

This is my contribution to the Arthur Kennedy’s Conquest of the Screen blogathon, hosted by Virginie at The Wonderful World of Cinema.

sábado, 16 de fevereiro de 2019

À Meia Luz (1944) / Gaslight (1944)


Este é o filme que deu a Ingrid Bergman seu primeiro Oscar de Melhor Atriz. Este é o primeiro filme feito pela atriz Angela Lansbury. Este é mais um filme com uma protagonista forte dirigido por George Cukor. E este é o filme que originou o termo “gaslighting”, que ainda pode ser usado até hoje em uma situação muito triste e sexista. Este é “À Meia Luz”, de 1944.

 This is the film that gave Ingrid Bergman her first Best Actress Oscar. This is the first film Angela Lansbury appeared in. This is another film with a strong female lead directed by George Cukor. And this is the film that gave us the verb “gaslighting”, one that can still be used today in a very unfortunate and sexist situation. This is 1944's “Gaslight”.


Paula Alquist (Ingrid Bergman) se muda da Inglaterra depois de uma tragédia acontecer em sua casa. Ela via para a Itália estudar canto com o melhor maestro do país. Um dia, muitos anos depois de sua chegada, o maestro percebe que o coração dela não está no canto, e que ela está “feliz demais” para ser uma grande artista: ela só pode estar apaixonada. O maestro a libera para ser feliz como uma mulher casada e desistir do canto.

Paula Alquist (Ingrid Bergman) leaves England after tragedy strikes in her household. She goes to Italy to train as a singer under the best maestro in the country. One day, many years after her arrival, the maestro realizes her heart is not in the singing, and that she is “too happy” to be a great artist: she can only be in love. The maestro frees her to be happy as a married woman instead of as a singer.


O homem por quem ela está apaixonada é o pianista que a acompanha nas lições de canto, Gregory Anton (Charles Boyer). Mas Paula é traumatizada e ingênua, e Gregory é esperto e manipulador: é por isso que ele a segue até seu lugar de descanso no Lago Como, e é assim que ele a convence a voltar para Londres, para a mesma casa em que a tia dela foi assassinada, depois do casamento.

The man she is in love with is the pianist that accompanies her in the singing lessons, Gregory Anton (Charles Boyer). But Paula is traumatized and naïve, and Gregory is smart and manipulative: that's why he follows her until her calm spot at Lake Como, and that's how he convinces her to go back to London, to the same house her aunt was murdered in, after they get married.


Gregory começa a dizer para Paula que ela está doente, e também que ela tem tido perdas de memória e tem perdido coisas ultimamente – e ela acredita nele. As observações dele fazem com que ela deixe de sair sozinha de casa, e Gregory também proíbe que venham visitas como Bessie Thwaites (Dame May Whitty), uma velhinha curiosa que adora um bom mistério, e Brian Cameron (Joseph Cotten), um homem intrigado.

Gregory starts telling Paula that she is sick, and also that she has been having memory lapses and losing things lately – and she believes him. His remarks prevent her from going out alone, and Gregory also forbids visitors like Bessie Thwaites (Dame May Whitty), a nosy old lady who loves a god mystery, and Brian Cameron (Joseph Cotten), a curious man.

É através de tortura psicológica e sugestionamentos que Gregory manipula Paula. As luzes dos lampiões são uma metáfora aqui: conforme as luzes vão se extinguindo, Paula teme que sua sanidade também esteja indo embora. Por causa do filme, “gaslighting” se tornou o nome de uma técnica manipulativa que envolve o questionamento da realidade da vítima, para que todas as pessoas e até a própria vítima duvidem do que a vítima diz. Chamar as pessoas – em geral mulheres – de “loucas”, “insanas” e “histéricas” também é uma forma de fazer gaslighting.

It's through psychological torture and suggestion that Gregory manipulates Paula. The lights are a metaphor here: as they extinguish, Paula is afraid her sanity is extinguishing, too. Because of the film, “gaslighting” became the name of a manipulation technique that involves questioning the victim’s reality, so all people and even the victim start doubting what the victim says. Labeling people – usually women – as “crazy”, “insane” and “hysterical” is also gaslighting.



“À Meia Luz” pode ser considerado um filme noir? Há muitos elementos que fazem a resposta ser positiva: a fotografia em preto e branco com o uso de sombras, a importância da iluminação e das fontes de iluminação em diversos frames, o mistério e o suspense, o crime, a presença de Gregory como homme fatale - em contraste com as femme fatales do noir. Um elemento que poderia ser usado para refutar a hipótese é o fato de a história se passar no final do século XIX, mas na verdade há alguns filmes noir que não se passam no presente – sendo o principal exemplo o noir da Revolução Francesa “A Sombra da Guilhotina”(1949).

Can “Gaslight” be considered a noir film? There are many elements that make a case for a “yes”: the black and white photography with the use of shadows, the importance of lightning and sources of (gas)light in many frames, the mystery and suspense, the crime, Gregory as a homme fatale. One element that could be used to refute the hypothesis is the setting of the story in the late 19th century, but there are a few noir films not set in the present – the main example being the French Revolution noir “The Black Book”, from 1949.


As atuações são extraordinárias. Ingrid Bergman tem olhos muito expressivos, e faz um monólogo poderoso perto do final do filme. Charles Boyer é incrivelmente sinistro, e desde o começo sabemos que suas intenções são as piores – em minha opinião, ele e Bergman mereciam o mesmo reconhecimento. Ambos foram indicados ao Oscar, mas apenas Ingrid ganhou – Boyer perdeu para Bing Crosby em “O Bom Pastor” (1944).

The performances are extraordinary. Ingrid Bergman has in her eyes her most expressive feature here, and she delivers her best monologue in a key scene near the ending. Charles Boyer is incredibly sinister, and from the start we know his intentions are no good – in my opinion, he and Bergman deserved the same recognition. Both were nominated for Oscars, but only Bergman won – Boyer lost to Bing Crosby for “Going My Way” (1944).


Há duas empregadas trabalhando para Paula e Gregory: Elizabeth (Barbara Everest) e Nancy (Angela Lansbury). Lansbury tinha apenas 17 anos quando fez o filme, e foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. É algo curioso porque, como a vivaz Nancy, eu esperava que o papel dela fosse maior. O mesmo aconteceu com o papel de May Whitty: na minha opinião, ambas foram quase desperdiçadas. Angela Lansbury foi escalada para o papel em “À Meia Luz” quando o roteirista John van Druten convenceu David Selznick a fazer um teste com ela como favor à mãe dela, a também atriz Moyna McGill, que havia fugido da Inglaterra quando a guerra começou.

Working for Paula and Gregory there were two maids: Elizabeth (Barbara Everest) and Nancy (Angela Lansbury). Lansbury was only 17 when she made the film, and she was nominated for a Best Supporting Actress Oscar. It's curious because, as the flirty Nancy, I expected her role to be more substantial. The same happened to May Whitty's role: in my opinion, both were underused. Angela Lansbury became part of the “Gaslight” cast when screenwriter John van Druten convinced Selznick to audition her as a favor to their mother, also actress Moyna MacGill, who had fled England when the war started.


“À Meia Luz” teve origem em uma peça de teatro escrita por Patrick Angel, intitulada “Angel Street”. Em 1940, uma adaptação para o cinema foi feita na Inglaterra, estrelando Diana Wynyard (a protagonista de “Cavalgada”, de 1933) e Anton Walbrook (mais conhecido como Lermontov em “Os Sapatinhos Vermelhos”, de 1948). A MGM queria que todas as cópias desta versão fossem destruídas, mas felizmente algumas sobreviveram porque haviam sido guardadas sob o título original de “Angel Street”.

“Gaslight” originated from a stage play written by Patrick Hamilton and called “Angel Street”. In 1940, a film adaptation was made in England, starring Diana Wynyard (the lead of 1933's “Cavalcade”) and Anton Walbrook (best known as Lermontov in “The Red Shoes”, from 1948). MGM intended to have all copies of this version destroyed, but fortunately a few of them survived because the reels were labeled “Angel Street” and not “Gaslight”.


Misteriosa, surpreendente, com ótimas atuações e lindos cenários – o filme também ganhou o Oscar de Melhor Direção de Arte – Decoração em filme em Preto e Branco – “À Meia Luz” é uma pérola e uma obra-prima, que não apenas nos envolve e surpreende, mas também que explica um fenômeno que precisamos combater até hoje.

Chilling, surprising, with great performances and great sets – the film also won the Best Art Direction – Interior Decoration in a Black and White film Oscar – “Gaslight” is a gem and a masterpiece, that not only engages and amazes, but also explains a phenomenon we must combat until today.

This is my contribution to the Adoring Angela Lansbury blogathon, hosted by Gill at RealWeegieMidget Reviews.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...