Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

sábado, 30 de março de 2019

Trágico Álibi (1945) / My Name is Julia Ross (1945)


Alguns filmes simplesmente nos arrebatam quando estamos desprevenidos e nos deixam sem fôlego – não importa quão antigos ou curtos eles são. “Trágico Álibi” (1945) fez isto comigo. Ao me colocar no lugar da protagonista, eu me senti aterrorizada, presa, nervosa e sem esperança. E eu acredito que todas as mulheres que veem este filme sentem a mesma coisa.

Some movies just grab us as we are off guard and leave us breathless – no matter how old or short they are. “My Name is Julia Ross” (1945) did this to me. As I put myself in the lead's place, I felt terrified, trapped, nervous and hopeless. And I believe all women who watch this film feel the same.


Julia Ross (Nina Foch) é nova em Londres. Ela foi para a cidade para fazer uma cirurgia de apêndice e agora, sem família ou conhecidos, ela procura por um trabalho. Uma agência de empregos a manda para ser secretária da Senhora Hughes (Dame May Whitty) e de seu filho Ralph (George Macready). Vemos que um grande e terrível plano está sendo colocado em prática, pois Ralph e a mãe falam com os empregados da agência sobre como Julia se parece com outra pessoa.

Julia Ross (Nina Foch) is new to London. She arrived in the city to have her appendix removed and now, with no family or acquaintances, she is looking for a job. An employment agency sends her to be a secretary to Mrs Hughes (Dame May Whitty) and her son Ralph (George Macready). We see that some big and evil plan is in the works, as Ralph and his mother talk to the employees of the employment agency, commenting about Julia’s remarkable resemblance with someone else.


Quando Julia chega ao local de trabalho, onde ela também viverá dali em diante, os quatro cúmplices roubam seus pertences e os destroem. Julia está dormindo graças a um sonífero. Enquanto ela dorme, a família muda de uma rua em Londres para uma casa em Cornwall, próxima do mar. Quando Julia acorda, ela não é mais Julia: para todos ao seu redor, ela é Marion Hughes, esposa de Ralph, e por causa de um colapso nervoso ela está falando bobagens – como quando diz que o seu nome é Julia Ross.

As Julia arrives at her job, where she will also live from then on, the four accomplices steal her belongings and destroy them. Julia is now sleeping thanks to some narcotic. While she is sleeping, the family movies from a square in London to a hose in Cornwall, by the sea. When Julia wakes up, she is not Julia anymore: for everybody around her, she is Marion Hughes, Ralph’s wife, and thanks to a mental breakdown she is saying nonsense - like the silly idea that her name is Julia Ross.


Primeiro vemos as costas de Julia e ela atravessa a rua embaixo de chuva e entra em um prédio. Seu rosto é visto apenas depois que ela lê um convite de casamento que demorou muito para ser entregue: o casamento aconteceu no dia anterior ao dia em que ela recebeu o convite. Pouco depois, ela se reencontra com o noivo do casamento: o amigo Dennis (Roland Varno), cujo casamento não aconteceu de fato – e por causa de Julia! Dennis é a única pessoa que ela conhece em Londres, e aparentemente o único que pode salvá-la.

We first see Julia’s back as she crosses the street in the rain and enters a building. Her face is only seen after she reads a wedding invitation that took too long to be delivered: the wedding happened the day before she got the invitation. Soon, she meets again with the groom: her friend Dennis (Roland Varno), whose wedding didn’t really happen – and because of Julia! Dennis is the only person she knows in London, and apparently the only one who could save her.


A situação é aterrorizante: perder sua identidade, aquilo que te torna único, e ter todos duvidando de sua sanidade quando está claro que você sabe o que está falando. Eu posso apostar que, sendo mulher, o medo que eu senti vendo este filme foi maior do que qualquer coisa que um homem pudesse sentir. Mulheres são as mais constantes vítimas de gaslighting – uma técnica que recebeu o nome de um filme de 1944 – e um homem dificilmente passaria por isso. Você pode imaginar a palavra de um homem não sendo levada a séria porque ele está histérico? Eu também não.

The situation is terrifying: losing your identity, what makes you unique, and have everybody doubt your sanity when it’s clear you know what you are talking about. I can bet that, as a woman, the fear I felt while watching this film was bigger than whatever a man could have felt. Women are the main victims of gaslighting – a technique named after a film from 1944 – and a man would hardly go through such a thing. Can you imagine a man’s word being discarded because he is considered hysterical? Neither can I.


E nem tudo que Ralph poderia ter feito com Julia é mostrado. O Código Hays de Produção estava em seu auge nos anos 40, e nenhuma cena de sexo podia ser filmada. Isso significa que os momentos de maior nojo para Julia acontecem quando Ralph a beija, mas ele poderia tê-la estuprado – e na vida real ele a teria estuprado para mostrar sua dominância. E, como eles eram “marido e mulher”, ninguém se importaria, e a acusação de estupro seria considerada mais um delírio de Julia. Puxa, só agora estamos reconhecendo a existência de estupro marital e punindo o crime, por isso nos anos 40 isso certamente passaria impune.

And not everything Ralph could have done to Julia was shown. The Production Code was in full swing in the 1940s, and no sex scenes could be added to movies. This means that Julia’s most disgusting moments happen when Ralph kisses her, but he could have raped her – and in the real world he would have raped her to show his dominance. And, since they were “husband and wife”, nobody would care, and they would consider Julia’s rape accusation as another delirium. I mean, we’re only now recognizing the existence of marital rape and punishing it, so in the 1940s it would certainly pass unpunished.


Você nunca imaginou que a doce May Whitty pudesse ser tão assustadora, mas ela é em “Trágico Álibi”. George Macready, por outro lado, tinha experiência em interpretar vilões, pilantras e outros personagens desagradáveis. Em “Gilda”, de 1946, Macready interpreta o dono de cassino Ballin Mundson, o empregador sinistro de Glenn Ford – ah, e também o marido de Gilda (Rita Hayworth).

You’ve never imagined that sweet May Whitty could be so frightening, but she is in “My Name is Julia Ross”. George Macready, on the other hand, was experienced in playing villains, crooks and other unlikeable characters. In 1946's “Gilda”, for instance, Macready plays casino owner Ballin Mundson, Glenn Ford's sinister employer – oh, and also Gilda's (Rita Hayworth) husband.


Nina Foch, em geral lembrada pelo papel de “patrocinadora” de Gene Kelly em “Sinfonia de Paris” (1951), está excelente como Julia Ross. Ela torna a personagem simpática desde o começo, faz dela fácil de se identificar às vezes, e nós torcemos por ela. Além disso, ela não é uma donzela indefesa, e o tempo todo está usando a inteligência para tentar enganar a família Hughes.

Nina Foch, often remembered because of her role as Gene Kelly's “sponsor” in “An American in Paris” (1951), is absolutely great as Julia Ross. She makes the character likeable from the start, relatable at times, and we root for her. Furthermore, she is no damsel in distress, and the whole time she is using her brains to try to outsmart the Hughes.


Assim como em muitos filmes noir, em “Trágico Álibi” há muitas sombras e contrastes. Um momento em particular com a sombra de uma mão nos lembra do clássico silencioso “O Gato e o Canário” (1927). Há também muitas cenas fotografadas como se estivessem emolduradas por janelas ou portas, e em uma cena em particular Julia é vista atrás de grades instaladas na janela de seu quarto – uma maneira pouco sutil de dizer que ela era uma prisioneira. Estas imagens foram concebidas pelo diretor de fotografia Burnett Guffy – que mais tarde trabalharia em “A um Passo da Eternidade” (1953) – e pelo diretor Joseph H. Lewis – cujo mais famoso filme é “Mortalmente Perigosa” (1950).

As in many noir films, in “My Name is Julia Ross” there are lots of shadows and contrasts. One particular moment with the shadow of a hand reminds us of the silent classic “The Cat and the Canary” (1927). There are also many scenes photographed as if they were framed by windows or doors, and in one scene in particular Julia is seen behind the bars that were installed in her bedroom window – a not-so subtle way of saying that she was captive. These shots were the work of cinematographer Burnett Guffey – who would later work in “From Here to Eternity” (1953) – and director Joseph H. Lewis – whose most famous film is “Gun Crazy” (1950).
 
My Name is Julia Ross, 1945
The Cat and the Canary, 1927
“Trágico Álibi” tem apenas 65 minutos de duração, mas estes foram alguns dos minutos mais tensos da minha vida. Tendo começado como um filme B de orçamento avantajado na Columbia, o filme foi feito em 18 dias – embora o plano inicial tenha sido filmar tudo em 12 dias – e o resultado não poderia ter sido melhor.

“My Name is Julia Ross” is only 65 minutes long, but these were some of the tensest minutes I’ve had in my life. Having started as a B-movie with a bigger budget at Columbia, the film was shot in only 18 days – but the initial plan was to shoot in only 12 – and the result couldn't have been better.

This is my contribution to the Mystery Mania blogathon, hosted by Robin at Pop Culture Reverie.

sábado, 23 de março de 2019

Fred Flintstone faz um filme / Fred Flintstone makes a movie


“Os Flintstones” é uma série de animação revolucionária. Ela durou seis temporadas e foi a primeira animação a ser exibida no horário nobre da TV norte-americana – ou melhor, a primeira série animada com histórias contadas em episódios de meia hora, e não episódios curtos que duravam entre dois e oito minutos. Qual o segredo dos Flintstones? Era fácil se identificar com eles.

The Flintstones” is a groundbreaking animated series. It lasted six seasons and was the first animated series to be shown during prime time on American TV – that is, the first animated series with a half-an-hour episode arc, not short episodes lasting two to eight minutes. What was the secret of “The Flintstones”'s success? They were relatable.


Fred, Wilma, Barney, Betty e Dino podem viver em 10000 a.C, mas eles são gente como a gente. Fred e Barney trabalham e são casados com as donas de casa Wilma e Betty, respectivamente. Os casais brigam às vezes, e há inclusive rivalidade entre os amigos. Os personagens gostam de se divertir, fazer compras e comer churrasco de brontossauro. Bem, eles até comemoram o Natal! E eles vão ao cinema – como a sequência de abertura introduzida em 1962 mostra, quando eles vão ao drive-in. Por isso, não era incomum que os Flintstones falassem sobre cinema.

Fred, Wilma, Barney, Betty and Dino may live in 10,000 BC, but they are folks like us. Fred and Barney work and are happily married with housewives Wilma and Betty, respectively. The couples quarrel sometimes, and there is even rivalry between friends. The characters like to have fun, shop and eat brontosaur barbecue. Well, they evn celebrate Christmas! And they go the movies – as the opening sequence introduced in 1962 attests, when they go to the drive-in. So, it was not uncommon for “The Flintstones” to talk about the film world.


Já na primeira temporada houve uma conexão com o cinema. O sexto episódio da primeira temporada, “The Monster from the Tar Pits” (“O Monstro dos Fossos de Piche”) é sobre fazer um filme – e Fred tem um papel nesse filme.

Already in season one there was a film connection. Episode six of season one, “The Monster from the Tar Pits” is about the making of a movie – and the role Fred plays in it.


Começamos o episódio em Hollyrock vendo o estúdio Miracle Oictures, cujo slogan é 'se é um bom filme – é um milagre!'. Um diretor com sotaque tenta vender a um executivo a história para um novo filme, “O Monstro dos Fossos de Piche”, sobre um monstro que se apaixona por uma bela garota. No filme, temos as estrelas Gary Granito, Rock Pile e uma nova garota, chamada Wednesday Tuesday ou talvez Tuesday Wednesday – nomes que soam como Cary Grant, Rock Hudson e Tuesday Weld, não?

We begin the episode in Hollyrock with a view of Miracle Pictures, a studio whose slogan is 'if it's a good picture - it's a miracle!'. A director with an accent tries to sell the executive the story for a new movie, “The Monster from the Tar Pits”, about a monster that falls in love with a beautiful girl. In the movie, we have the stars Gary Granite, Rock Pile and a new girl, called either Wednesday Tuesday or Tuesday Wednesday – names that sound like Cary Grant, Rock Hudson and Tuesday Weld, maybe?


Em vez de construir uma cidade em estúdio, o executivo Sr Sandstone diz ao diretor para filmar em uma cidade real e, por acaso, em um mapa da terra plana – ah, a ironia de ver isso nos tempos modernos – eles escolhem Bedrock, onde vivem os Flintstones. Excitadas com a presença das estrelas de cinema, Wilma e Betty decidem fazer um teste para o filme só por diversão. Barney concorda com isso, mas Fred não fica feliz.

Instead of building a town set, the executive Mr Sandstone tells the director to film in a real town, and by chance, in a map of the flat world – oh, the irony watching this right now – they choose Bedrock, where the Flintstones live. Infatuated with the presence of the movie stars, Wilma and Betty decide to audition for the film just for fun. Barney is OK with that, but Fred is less than thrilled.


Mesmo assim, Fred e Barney vão ao aeroporto ver as estrelas de cinema chegando e de lá eles vão ver os testes. Betty imita pássaros e Wilma apresenta um número de sapateado. Barney apoia as duas, mas elas não são escolhidas. Então, Fred decide reclamar e humilhar o diretor, e acaba sendo escolhido para fazer o papel principal: o do monstro dos fossos de piche.

Nevertheless, Fred and Barney go to the airport to see the film stars arriving and from then they go see the auditions. Betty imitates birds and Wilma tap dances. Barney supports them both, but they are not chosen. Then, Fred decides to complain and to call the director names, and he ends up being chosen to play the lead role: the one of the monster from the tar pits.


Na verdade, Fred será o dublê de Gary Granito – mas nosso homem das cavernas favorito acredita mesmo que ele vai ser a estrela. O pobre Fred acaba fazendo todo o trabalho duro e recebendo golpes na cabeça e por todo o corpo, pois o departamento de objetos cênicos decidiu economizar e usar tacos e pedras de verdade em vez de falsos nas cenas perigosas.

In reality, Fred will be the body double for Gary Granite – but our favorite caveman believes he is really going to be the star. Poor Fred ends up doing all the hard working and receiving blows in the head and all over his body, as the prop department decided to save money and use real clubs and rocks instead of fake ones in the dangerous scenes.


O filme estreia um dia depois do final das filmagens e o rádio anuncia que a equipe voltaria para Bedrock no dia seguinte para começar a trabalhar na sequência, “O Filho do Monstro dos Fossos de Piche”. Fred, que havia ficado chateado por ser um simples dublê, fica novamente animado com a possibilidade de reprisar seu maior papel.

The film premieres the day after filming resumes and the radio announces that the crew would go back to Bedrock the next day to begin working in the sequence, “The Son of the Monster from the Tar Pits”. Fred, who was upset for being only a double, gets excited again to reprise his biggest role.


Nos anos 50 e 60, filmes com criaturas e monstros se tornaram muito populares. Influenciando diretamente este episódio dos Flintstones, podemos citar “O Monstro da Lagoa Negra” (1954). Os monstros não estavam em alta apenas em Hollywood: no Japão eles também experimentavam sua era de ouro, com “Godzilla” (1954) e “Mothra” (1961).

In the 1950s and 1960s, films with creatures and monsters became quite popular. Directly influencing this episode of “The Flintstones”, we can mention “Creature from the Black Lagoon” (1954). Not only in Hollywood monsters were in vogue: in Japan they were also experiencing a golden age, with “Godzilla” (1954) and “Mothra” (1961).


Este episódio não foi o único dos Flintstones com ligação com o cinema. Alguns episódios se originaram de roteiros de filmes do Gordo e o Magro – como o episódio em que Fred e Barney se juntam à Leal Ordem dos Búfalos D’Água, em referência a “Os Filhos do Deserto” (1933). Muitas estrelas do cinema também dublaram personagens na série, e alguns foram retratados em estilo pré-histórico, como o Stoney Curtis abaixo:

This episode wasn’t the only one in “The Flintstones” with a connection to the movie world. Some episodes derived from Laurel and Hardy film plots – like the episode about Fred and Barney joining the Loyal Order of the Water Buffalo, a nod to “Sons of the Desert” (1933). Many classic film stars also did voiceover at the series, and some of them were portrayed in stone-age style, like Stoney Curtis below:


Eu gostaria que a história do episódio analisado tivesse sido melhor desenvolvida, talvez com um arco durante dois episódios. Mais do que qualquer coisa, “The Monster from the Tar Pits” nos mostra como é difícil a vida dos dublês!

I wish the plot in this particular episode was better developed, maybe with a two-episode arc. If not much else, “The Monster from the Tar Pits” shows us that the life of film doubles is hard!

This is my contribution to the 5th Annual Favourite TV Show Episode Blogathon, hosted by Terry at A Shroud of Thoughts.


sábado, 16 de março de 2019

A gloriosa Gloria Swanson / The Glorious Gloria Swanson


Assim como muitas pessoas, minha introdução à Gloria Swanson foi através de “Crepúsculo dos Deuses” (1950). Muitos espectadores, num primeiro momento, podem pensar que Norma Desmond é uma personagem autobiográfica – em especial porque seu mordomo e antigo diretor é interpretado por Erich von Stroheim, que dirigiu Swanson no final da era muda. Isso não podia estar mais longe da verdade: Swason viveu um dia de cada vez, sem se apoiar nas glórias do passado – e Gloria certamente teve muitas glórias.
  
Like most people, my introduction to Gloria Swanson was through “Sunset Boulevard” (1950). Many viewers at first may think that Norma Desmond is an autobiographical portrait of Swanson – even more so considering that her butler and former director is played by Erich von Stroheim, who did direct Swanson in the late years of the silent era. It couldn’t be more different: Swanson lived one day at a time, without reliving the glories of the past – and Gloria sure had many glories.


Gloria Swanson estreou nos cinemas fazendo comédias de curta-metragem a partir de 1914. Ela não foi creditada em alguns de seus primeiros papéis, como o da datilógrafa no início da comédia da Essanay “His New Job” (1915), com Charles Chaplin. Gloria havia feito o teste para ser a protagonista, mas Chaplin achou que ela não era a atriz certa para o papel e escolheu como protagonista a atriz Charlotte Mineau.

Gloria Swanson entered the motion picture world making short slapstick comedies starting in 1914. Some of her early roles were uncredited bit parts, like the stenographer in the beginning of the Essanay comedy “His New Job” (1915), with Charles Chaplin. Gloria had auditioned for the lead role, but Chaplin thought she wasn’t right for the part and chose actress Charlotte Mineau instead.
 
Gloria Swanson in "His New Job" (1915)
Logo Gloria se juntou às “Bathing Beauties” de Mack Sennett. Ela trabalhou com Bobby Vernon em diversos curtas-metragens para os estúdios Keystone e Triangle. Um deles é “The Danger Girl” (1916). Nele, Gloria interpreta uma garota travessa que se veste de homem para separar sua rival de seu amor, Bobbie. Outro destes filmes é “The Sultan’s Wife” (1917, também conhecido como “Caught in a Harem”). Nele, Bobby e Gloria são namorados que decidem se casar durante uma viagem à Índia. O macaquinho de estimação dela entra no palácio do Rajá e o Rajá acaba capturando-a para seu harém. Bobby vai resgatá-la – e mais uma vez temos pessoas travestidas!

Soon Gloria became one of the Mack Sennett’s Bathing Beauties. She was paired with Bobby Vernon in several short films for Keystone and Triangle. One of them is “The Danger Girl” (1916). In it, Gloria plays a madcap girl who dresses as a man in order to take her rival away from her sweetheart, Bobbie. Another one is “The Sultan’s Wife” (1917, also called “Caught in a Harem”). In it, Bobby and Gloria are sweethearts who decide to elope during a trip to India. Her pet monkey enters the Rajah’s palace and the Rajah ends up holding her captive in his harem. Bobby goes to her rescue - and there is cross dressing again!

"The Danger Girl" (1916)

"The Sultan's Wife" (1917)
Também em 1917 temos “Teddy at the Throttle”, uma paródia dos melodramas da década de 1910. Nele, o tutor de Gloria (Wallace Beery, então marido da atriz) tenta separar Gloria e Bobbie para ficar com a herança dela. Num ato desesperado, o personagem de Beery amarra Gloria aos trilhos do trem – algo que, ao contrário do que se acredita, era raro no cinema mudo. O Teddy do título é Keystone Teddy, a estrela canina que também apareceu em “The Sultan’s Wife” como um herói de quatro patas. O clímax do curta-metragem inclui uma edição elaborada que lembra as sequências entrelaçadas por D.W. Griffith em “Intolerância” (1916). 

Also from 1917 there is “Teddy at the Throttle”, a parody of the 1910s melodramas. In it, Gloria’s guardian (Wallace Beery, then her real husband) tries to break Gloria and Bobbie up in order to keep her money for himself. As a desperate act, Beery’s character ties Gloria to the train tracks - something that, contrary to popular belief, was rare in silent film. The Teddy of the title is Keystone Teddy, the canine star that also appeared in “The Sultan’s Wife” as a four-legged hero. The climax of the short film includes intricate editing that resembles D.W. Griffith’s cross-cutting sequences in films like “Intolerance” (1916).


Em 1918 Swanson começou outra parceria: desta vez, com o diretor e produtor Cecil B. DeMille. Um dos filmes que eles fizeram nesta época foi o suntuoso “Macho e Fêmea” (1919). Nele, Gloria interpreta Lady Mary Lasenby, uma herdeira mimada de uma família de Londres. Seu mordomo, Bill Crichton (Thomas Meighan), é apaixonado por ela, e a empregada dela, Tweeny (Lila Lee), é apaixonada por Crichton. Obviamente, Lady Mary e Crichton não podem ficar juntos por causa das regras observadas pela alta sociedade.

In 1918 Swanson started another partnership: this time, with director and producer Cecil B. DeMille. One of the films that they made in this period is the lavish “Male and Female” (1919). In it, Gloria plays Lady Mary Lasenby, a spoiled heiress from a London family. Her butler, Bill Crichton (Thomas Meighan), is in love with her, while her maid, Tweeny (Lila Lee), is in love with Crichton. Of course, Lady Mary and Crichton can’t be together thanks to the unwritten rules of high society.


As leis da lata sociedade são severas, mas e a lei da selva? Depois que o barco deles afunda, a família de Lady Mary, mais Crichton e Tweeny, ficam isolados em uma ilha deserta, onde tudo pode acontecer – até mesmo a inversão de papéis hierárquicos. Este filme, que tem inclusive uma sequência na Babilônia – como uma história dentro da história – foi escolhido o melhor filme de 1919 pelos leitores de uma revista brasileira chamada A Scena Muda – a mesma revista que me forneceu o material para reconstruir o filme perdido de Lon Chaney, “O Homem Miraculoso”.
 
High society laws are strict, but what about the law of the jungle? After their boat sinks, Lady Mary’s whole family, plus Crichton and Tweeny, become stranded in a desert island, where everything can happen - even reversing hierarchical roles. This film, that even has a sequence set in Babylon - like a story within the main story - was voted the best of 1919 by the readers of a Brazilian magazine called A Scena Muda - the same magazine that gave me material to reconstruct Lon Chaney’s lost movie “The Miracle Man”.


Na Paramount em 1925, Gloria fez a doce comédia romântica “Este Mundo é um Teatro”. Nele, ela interpreta Jenny Hagen, uma garçonete apaixonada pelo colega de trabalho Orme (Lawrence Gray), que tem uma preferência por atrizes. Para que ele se apaixone por ela, Jenny faz um curso de atuação por correspondência e se junta a uma trupe em um espetáculo em um barco. Este filme tem algumas sequências fabulosas em two-strip Technicolor. Este é um filme peculiar, que vai do exuberante à comédia interiorana. De qualquer maneira, Gloria Swanson é convincente como uma diva do teatro e como uma simples sonhadora.

At Paramount in 1925, Gloria did the sweet romantic comedy “Stage Struck”. In it, she is Jenny Hagen, a waitress in love with her coworker Orme (Lawrence Gray), who has a thing for actresses. In order to make him fall in love with her, she takes a correspondence course in acting and joins an act in a show boat. This film has some fabulous sequences in two-strip Technicolor. This is an odd film, that goes from exuberant to countryside comedy. Anyway, Gloria Swanson is convincing as a theater diva and as a simple dreamer.


Mais poderosa do que nunca, no final dos anos 20 Gloria Swanson começou a produzir seus próprios filmes, que mais tarde seriam distribuídos pela United Artists. Um destes filmes é o maldito “Minha Rainha”. Ele começou a ser filmado em 1928, com o roteirista e diretor Erich von Stroheim tendo liberdade total para criar um filme que deveria ter cinco horas de duração. Entretanto, apenas um terço do material foi filmado e hoje a versão mais completa tem apenas 100 minutos.

More powerful than ever, in the late 1920s Gloria Swanson started producing her own films, that would later be distributed by United Artists. One of those films is the cursed “Queen Kelly”. It started being shot in 1928, with screenwriter and director Erich von Stroheim having total freedom to create a film that was supposed to be five hours long. However, only a third of the material was shot and nowadays the most complete version we have runs only 100 minutes.


Patricia Kelly (Swanson) é uma órfã que vive num convento. Um dia, durante uma caminhada com outras órfãs, ela é vista pelo Príncipe Wolfram (Walter Byron), que está prestes a se casar com a louca Rainha Regina V (Seena Owen). O Príncipe resolver queimar o convento (!!) para ver Kelly novamente, mas ela é expulsa do palácio por uma irada Rainha Regina. De volta ao convento, Kelly descobre que sua tia está prestes a morrer, e que o último desejo dela é ver Kelly casada com o nojento Jan (Tully Marshall).  Embora a primeira metade seja mais focada no Príncipe e tenha Seena Owen brilhando como a Rainha, as cenas com Kelly conhecendo o horrível Jan estão entre as cenas interpretadas com mais primor por Swanson.

Patricia Kelly (Swanson) is an orphan living in a convent. One day, during a walk with other orphans, she is spotted by Prince Wolfram (Walter Byron), who is about to get married to the insane Queen Regina V (Seena Owen). The Prince manages to burn down (!!) the convent to see Kelly again, but she is expelled from the palace by an irate Queen Regina. Back at the convent, Kelly learns that her aunt is about to die, and that the old lady’s last wish is for her to marry the disgusting Jan (Tully Marshall). Although the first half is more focused on the Prince and has Seena Owen shining as the Queen, the scenes with Kelly getting to know the disgusting Jan are among the finest scenes performed by Swanson.


Eu vi muito pouco da filmografia de Gloria Swanson. De acordo com o Letterboxd, eu vi 14% dos filmes que ela fez – em uma carreira que durou quase 60 anos. Não vi seus primeiros filmes falados dos anos 30, mas ao ver seus filmes mudos, feitos entre 1915 e 1929, eu pude perceber muitas coisas. Eu percebi que Gloria era incrível tanto em comédia quanto em drama – ela tinha um talento natural para interpretar qualquer coisa no cinema. Mesmo depois de aparecer glamourosa nas “comédias de divórcio” de DeMille, ela era capaz de voltar atrás e interpretar uma garota ingênua com tanta perfeição que era impossível que não torcêssemos por ela. Ela também tinha um perfil maravilhoso e, como sua melhor característica, lindos olhos que podiam expressar qualquer emoção e hipnotizar o público. E, sim, Sr. DeMille: ela estava sempre pronta para seu close.

I have barely scratched Gloria Swanson’s filmography. According to Letterboxd, I have seen 14% of all the films she did – in a career that lasted nearly 60 years. I haven’t watched her early talkies from the 1930s, but by watching her silents, made in a 14-year period, I could see many things. I saw that Gloria was amazing in both drama and comedy - a natural talent for anything in the screen. Even after being glamorous in DeMille’s “divorce comedies”, she could go back and play an ingénue with so much perfection that we had to root for her. She also had a fabulous profile and, as her best feature, piercing eyes that could convey any emotion and hypnotize the public. And, yes, Mr. DeMille: she was always ready for her close-up.

This is my contribution to the Second Marathon Stars blogathon, hosted by Samantha, Crystal and Virginie at Musings of a Classic Film Addict, In the Good Old Days of Classic Hollywood and The Wonderful World of Cinema.


domingo, 10 de março de 2019

O Solar Maldito (1960) / House of Usher (1960)


Há poucas coisas melhores que um bom filme de terror. E não há quase nada melhor que uma boa adaptação de uma das aterrorizantes histórias de Edgar Allan Poe. Poe é um dos meus autores favoritos, e sua obra encontrou um lugar perfeito nas mãos do diretor e produtor Roger Corman e de seu colaborador, o roteirista Richard Matheson – uma parceria que surgiu com “O Solar Maldito” (1960).

There are few things better than a good horror movie. And there are almost no things better than a good adaptation of one of Edgar Allan Poe’s chilling stories. Poe is one of my favorite writers, and his work found a perfect place in the hands of director and producer Roger Corman and his collaborator, screenwriter Richard Matheson – a fruitful partnership that started with “House of Usher” (1960).


Philip Winthrop (Mark Damon) chega ao solar maldito à procura da senhoria Usher, sua noiva. O mordomo Bristol (Harry Ellerbe) diz a Winthrop que a senhoria Usher está muito doente e, confuso, Winthrop entra na casa. Lá, ele encontra Roderick Usher (Vincent Price) e sua amada Madeline Usher (Myrna Fahey). Roderick diz a Winthrop que ele e a irmã estão prestes a morrer, e ele está sofrendo de estágios iniciais de loucura.

Philip Winthrop (Mark Damon) arrives at the House of Usher looking for Miss Usher, his fiancée. The butler Bristol (Harry Ellerbe) tells Winthrop that Miss Usher is very ill and, confused, Winthrop enters the house. There, he meets Roderick Usher (Vincent Price) and his beloved Madeline Usher (Myrna Fahey). Roderick tells Winthrop that both him and his sister are about to die, and he in special is suffering from the early stages of madness.


Winthrop fica no solar maldito como hóspede, e lá ele vê fenômenos estranhos – como a casa que literalmente está caindo abaixo – e percebe que Madeline está sob a vigilância de Roderick o tempo todo. Roderick também conta a Winthrop sobre a maldição que paira sobre o solar maldito e sobre todos da família.

Winthrop stays at the House of Usher as a guest, and there he witnesses weird phenomena – like the house literally falling apart – and sees that Madeline is under Roderick's  vigilance all the time. Roderick also tells Winthrop about the spell that affects the House of Usher and all people in the family.


“A Queda da Casa de Usher” é um conto de Edgar Allan Poe publicado em 1839. No conto, contado em primeira pessoa por um narrador nunca identificado, o narrador é na verdade um amigo de infância de Roderick Usher que foi chamado por Usher para ajudá-lo durante sua doença. Madeline aparece brevemente no conto. E não há nenhum mordomo no conto – mas todas as casas sinistras precisam de um mordomo, não?

“The Fall of the House of Usher” is a short story by Edgar Allan Poe published in 1839. In the original story, told by Winthrop's point of view – even though we never get to know the narrator's real name – the narrator is actually Roderick Usher's childhood friend who was called by Usher himself to help him during his illness. Madeline appears very briefly in the short story. There is also no butler in the short story – but all sinister houses need a butler, right?


O roteirista Richard Matheson adicionou o personagem Philip Winthrop e inventou uma história de amor entre ele e Madeline por razões cinematográficas – o público em geral prefere ver filmes com romance na trama. Par ser justa, “O Solar Maldito” tem elementos que vão agradar a todos: romance, suspense e muito horror. Matheson também trabalhou com Roger Corman em “Mansão do Terror” (1961), “Muralhas do Pavor” (1962) e “O Corvo” (1963).

Screenwriter Richard Matheson added Philip Winthrop and created a love story between him and Madeline for cinematic purposes – moviegoers are usually more willing to watch films with romance in the plot. To be fair, “House of Usher” has a little for everybody: romance, suspense and a lot of horror. Matheson would work with Corman also in “The Pit and the Pendulum” (1961), “Tales of Terror” (1962) and “The Raven” (1963).


As histórias de Edgar Allan Poe foram feitas para o cinema colorido? Se considerarmos que as mais icônicas adaptações de sua obra literária foram feitas por Roger Corman e filmadas em Technicolor, temos de concordar. Claro, talvez você precise de algum tempo para se acostumar com Vincent Price com o cabelo pintado de loiro em “O Solar Maldito” – mas depois disso você poderá apreciar todas as cores da mansão e também uma assustadora sequência de pesadelo que vai trocando os filtros das cores para um efeito noturno.

Were Edgar Allan Poe's stories meant to be shot in color? If we consider that the most iconic adaptations of his literary work were made by Roger Corman and shot in Technicolor, we can't help but agree. Of course, you may need some time to get used to seeing Vincent Price with his hair dyed blonde in “House of Usher” – but then you are able to enjoy all the colors of the mansion and also a terrifying nightmare sequence that changes color filters for a night effect.


Assim como em “Rebecca” (1940), no qual a mansão Manderlay é também uma personagem do filme, em “O Solar Maldito” a casa é importante para a trama. A família, assim como a casa, está prestes a desmoronar, e cada tremor causado por uma fenda gigante na parede da casa adiciona suspense ao filme. Como diz Roderick, a casa tem, gravadas nas suas pedras, cada má ação feita por alguém da família Usher.

Just like in “Rebecca” (1940), in which the Manderlay mansion is also a character in the film, in “House of Usher” the house is important to the plot. The family, like the house, is about to collapse, and every single tremor caused by a massive fissure in the walls of the house adds suspense to the film. As Roderick says, the house has now every evil done by an Usher engraved in its stones.


Vincent Price é absolutamente brilhante em “O Solar Maldito”. Ele interpreta o perturbado Roderick de maneira que nós sentimos pena dele e ao mesmo tempo temos medo dele. Em sua mais profunda agonia, Roderick grita e delira, e Price faz tudo isso de maneira convincente.

Vincent Price is absolutely brilliant in “House of Usher”. He plays the deeply disturbed Roderick in a way that makes us feel pity for him and at the same time fear him. In his deepest agony, Roderick screams and becomes delirious, and Price does all that in a convincingly way.


Embora tenham sido feitas muitas mudanças no conto original, “O Solar Maldito” é sem dúvida a primeira obra-prima de Roger Corman. Filmado em apenas 15 dias e com cenários improvisados, o filme é um trinfo cinematográfico – e um triunfo do gênero do horror, que logo experimentaria sua renascença.

Although there were major changes to the original story, “House of Usher” is without a doubt Roger Corman’s first masterpiece. Shot in only 15 days and with improvised sets, it is a triumph of the film world – and a triumph of the horror genre that was about to experience a renaissance.

This is my contribution to the Richard Matheson blogathon, hosted by Rich and Debbie at Wide Screen World and Moon in Gemini.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...