Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

quinta-feira, 12 de julho de 2012

As várias danças acrobáticas de Russ Tamblyn

Musicais não são feitos só de sapateados e danças de rosto colado! Bem, ao menos não a partir da década de 1950. Profissionais cada vez mais bem preparados fisicamente foram incorporados e junto com eles foram inseridas técnicas novas, oriundas, por exemplo, do circo. Russ Tamblyn, um ginasta, foi absorvido por Hollywood e dançou como ninguém nunca havia bailado: com uma leveza e travessura encantadoras.

Sete noivas para sete irmãos / Seven brides for seven brothers (1954): Como Gideon Pontipee, o mais novo dos filhos, participa do número “Lonesome polecat”, em que os irmãos mostram suas várias habilidades, incluindo equilíbrio em troncos de árvores e malabarismos com machados. Nunca houve número de dança mais macho!
Gatilho Relâmpago / The fastest gun alive (1956): A festa no saloon está desanimada? E só chamar Russ que ele faz um espetáculo com apenas uma pá. Ou duas. E um chão forrado de feno, é claro.
Tom Thumb (1958): Neste filme parecido com a fábula do Pequeno Polegar, Russ interpreta o protagonista e, estando em miniatura, dança entre objetos do cotidiano em um belo e colorido balé.
Amor, sublime amor / West side story (1961): Como Riff, o líder dos Jets, Russ tem bons momentos, como o prólogo, além de “Cool” e “Gee, Officer Krupke!”. Curiosamente, ele fez o teste para o papel de Tony.
The Wonderful World of Brothers Grimm (1962): Os contos de fada foram transportados para as telas neste espetáculo visual. Aqui, Russ faz a dança cigana com Yvette Mimieux e, pasmem, ele tem até uma capa da invisibilidade!
Semana passada tive a honra de receber de minha amiga Iza do blog Vintage Iz este lindo selinho que veio com algumas regras. E uma delas é indicar outras 10 pessoas para ganhá-lo!

Bem vocês podem ver que é um selinho bem de mulherzinha. Por isso, só escolhi meninas para receberem. Desculpe, amigos blogueiros do sexo masculino, mas sei que vocês entendem a situação. E as escolhidas são:
All Classics                                                                                          

13 comentários:

silentbeauties disse...

Muito fofooooo! Adorei, obrigada! Tb adoro musicais. Me lembrei daquele filme ERA UMA VEZ EM HOLLYWOOD (1974)
http://www.65anosdecinema.pro.br/354-ERA_UMA_VEZ_EM_HOLLYWOOD_%281974%29 Na primeira vez que vi esse filme eu era muito criança, nem entendi nada. Só me divertia com as cenas mais alegres, mas sem ter nenhuma idéia de onde vinham.
Se não me engano hoje o TCM está organizando um evento em homenagem aos 60 anos de Cantando na Chuva. Os musicais não são tão ultrapassados quanto se pensa. Tenho certeza que se Hollywood voltar a produzir musicais de forma mais sistemática, será sucesso garantido. Ai está Moulin Rouge que não me deixa mentir.
Abraços a todos!

silentbeauties disse...

Muito fofooooo! Adorei, obrigada! Tb adoro musicais. Me lembrei daquele filme ERA UMA VEZ EM HOLLYWOOD (1974)
http://www.65anosdecinema.pro.br/354-ERA_UMA_VEZ_EM_HOLLYWOOD_%281974%29 Na primeira vez que vi esse filme eu era muito criança, nem entendi nada. Só me divertia com as cenas mais alegres, mas sem ter nenhuma idéia de onde vinham.
Se não me engano hoje o TCM está organizando um evento em homenagem aos 60 anos de Cantando na Chuva. Os musicais não são tão ultrapassados quanto se pensa. Tenho certeza que se Hollywood voltar a produzir musicais de forma mais sistemática, será sucesso garantido. Ai está Moulin Rouge que não me deixa mentir.
Abraços a todos!

Maníacas por Beleza *-* disse...

Adorei seu blog .
Já estou seguindo , pode retribuir ?http://maniacaporbeleza.blogspot.com.br/ .

Beijinhos *-*

Iza disse...

Que legal esse post! Não conhecia o Russ Tamblyn... Enfim, fico feliz que tenha gostado do selinho! Beijos <3

Devaneios disse...

Muito obrigado pela lembrança Lê.
Musical é um meus generos preferidos, e quando se fala nele só lembramos de Gene Kelly, Fred Astaire e etc, esquecendo-nos dos seus parceiros de dança. Enfim, foi muito legal conhecer um pouco do trabalho desse excelente bailarino, Russ Tamblyn.

Mary disse...

no geral os musicais não estão no topo da minha lista de filmes, mas alguns dos que vc listou já assisti e surpreendentemente gostei muito.. os demais amei os clipes, quem sabe consigo encontrar pra ver e me surpreendo mais?? hehehe.. parabéns pelo selinho, vc merece.. vou aproveitar e conferir alguns dos blogs que vc indicou amiga.. beijos mil e ótimo findi..

3guys1movie.com disse...

I saw you had recently joined the Lamb and I wanted to stop by and say hi and welcome aboard. Look forward to seeing you on the Lamb forums. :-)

Tsu disse...

Oi Lê!
Na sua enquete de qual dos dois filmes é melhor..claro que Citizen Kane!!!
Foi considerado por muitos como o melhor filme de todos os tempos e de fato o é. =)
Valeu por curtir a idéia da nova sessão e obrigada pelo selinho! *.*
bjs

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

A dança do Tamblyn tinha algo da energia acrobática de Gene Kelly.

O Falcão Maltês

Danielle Carvalho disse...

Adorei o selo, Lê!
Vou distribuí-lo entre as amigas também :D

Bjs e inté!!
Dani

Iza disse...

Já assisti o filme sobre a vida dela, aquele com a Gretchen Mol e foi baseado nele que escrevi meu post...
Beijão <3

Suzane Weck disse...

Ola minha querida Lê,que bom lembrares de Russ Tamblyn,êle era um ótimo dançarino e fez filmes na sua época ao meu ver inesquecíveis.È sempre um grande prazer estar aqui em teu excelente blog e ficar informada pelas tuas ótimas postagens.Bjs..

J. BRUNO disse...

O Russ Tamblyn era gnial naquilo que fazia, acho que estranho que ele seja relativamente menos lembrado que outros atores/dançarinos do cinema clássico... Considero "Sete Noivas Para Sete Irmãos" uma obra prima!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...