Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

Sunday, April 19, 2020

A Casa dos Maus Espíritos (1959) / House on Haunted Hill (1959)


É hora da festa! Mas a festa é numa casa assombrada. E Vincent Price te convidou mesmo sem te conhecer – ele apenas quer te ver sendo assustado. Bem, não é isso que queremos quando assistimos a filmes de terror: ver outras pessoas levando sustos, além de ficarmos nós mesmos com medo? Se você gosta de gritos – um monte de gritos – e de sustos, “A Casa dos Maus Espíritos” é o filme ideal.

It’s party time! Except that the party is in a haunted house. And Vincent Price has invited you without knowing you – he only wants to see you get scared. Well, isn’t it what we want when we watch horror movies: to see other people get scared and freak ourselves out? If you’re into screams – a lot of screams – and jump scares, “House on Haunted Hill” is the film for you.


Uma série de gritos e uma risada maligna são ouvidos quando ainda não há imagens na tela. O público já sentiu um arrepio na espinha. A primeira coisa que vemos é a cabeça flutuante de Elisha Cook Jr, interpretando Watson Pritchard, cujo irmão foi morto durante uma estadia na casa dos maus espíritos. Então somos recebidos pela cabeça flutuante de Vincent Price, que nos conta que seu personagem alugou a casa para a esposa dar uma festa. Há cinco convidados, chegando em carros funerários, e quem conseguir ficar 12 horas na casa receberá 10 mil dólares.

A series of screams and an evil laugh are heard while there are no images on the screen yet. The audience is already on the edge of their seats. The first thing we see is the floating head of Elisha Cook Jr, playing Watson Pritchard, whose brother was killed while staying at the house on haunted hill. Then we're greeted by Vincent Price's floating head, who tells that his character rented the house for his wife to give a party. There are five guests, all arriving soon in funeral cars, and whoever is able to spend 12 hours on the house gets 10,000 dollars.


Há algo curioso aqui: nenhum dos convidados conhece pessoalmente os anfitriões – o personagem de Price, Frederick Loren, e sua esposa Annabelle (Carol Ohmart). Eles foram convidados ou pelo telefone ou por carta, e aceitaram o convite porque precisavam do dinheiro - a necessidade do dinheiro, aliás, é a única coisa que eles têm em comum. Frederick só quer ter o prazer de assisti-los tentando sobreviver para ganhar o prêmio. Esses ricaços são tão excêntricos, não?

There is something curious here: none of the guests personally know the hosts – Price's character, Frederick Loren, and his wife Annabelle (Carol Ohmart). They were invited either by phone or by mail, and accepted because they needed the money – their need for the money is, indeed, the only thing they have in common. Frederick only wants the pleasure to watch them trying to survive to win the prize. Those rich people are so eccentric, aren't they?


Annabelle, num primeiro momento, decide não participar da festa - ela é uma mulher peculiar (Frederick pergunta para ela “Você se lembra de como nos divertimos quando você me envenenou?”, por isso podemos imaginar que eles foram feitos um para o outro, de um jeito estranho). Mas, no caso deles, as aparências enganam. Na verdade, Annabelle é a quarta esposa de Frederick. A primeira esposa desapareceu, e as outras duas morreram em circunstâncias misteriosas. Ela não quer ser a próxima vítima.

Annabelle at first decides not to attend the party – she is a very odd woman (Frederick asks her “You remember the fun we had when you poisoned me?”, so we can imagine they are made for each other in a disturbing way). But, in their case, the appearances are very deceiving. In fact, Annabelle is Frederick's fourth wife. The first wife disappearedd, the other two died in mysterious circumstances. She doesn't want to be the next victim.


Sete pessoas já foram assassinadas na casa – quatro homens e três mulheres. Curiosamente, os convidados são quatro homens e três mulheres – um fantasma para cada, brinca Frederick. E não será só com fantasmas que eles terão de lidar.

Seven people had already been murdered on the house – four men and three women. Curiously, the guests are four men and three women – a ghost for each, Frederick jokes. And they won’t have to deal only with ghosts.


Nora Manning (Carolyn Craig) é nossa rainha do grito – ela grita tanto que se torna chata. Infelizmente, ela é a personagem que tem mais destaque, depois de Frederick. Como o filme é bem curto – tem apenas 75 minutos - os personagens não têm chance igual de brilharem, e alguns deles, como Ruth (Julie Mitchum, irmã de Robert Mitchum) e o piloto de avião, são pouco desenvolvidos. A história do personagem de Elisha Cook Jr também poderia ter sido explorada.

Nora Manning (Carolyn Craig) is our scream queen – she screams so much that she becomes annoying. Unfortunately, she is the character that gets the most screen time after Frederick. Because the film is very short – only 75 minutes – the characters don't have an equal chance to shine, and some of them, like Ruth (Julie Mitchum, Robert Mitchum’s sister) and the jet pilot, are barely developed. Elisha Cook Jr’s character’s story could also have been explored.


Obviamente, a casa também é um personagem. Ela se parece com uma velha fortaleza, talvez um prédio que podia abrigar um banco ou um prédio do governo – me lembrou do Forte Knox. Mais tarde eu descobri que Ennis House, o local usado para tomadas do exterior, foi construída com base na arquitetura Maia – foi o que certamente alertou meu cérebro de historiadora. Ricamente decorada, a casa é trancada por dentro, tendo barras nas janelas e uma porta que se fecha como a de um cofre. Watson compara a impenetrabilidade da casa com um caixão. Há atrações em todos os cantos da casa: uma mancha seca no teto é a fonte de um sangue pingando, um poço está cheio de ácido, um órgão toca sem pianista, há passagens secretas e muito mais. Há definitivamente muita coisa a explorar – e a temer – nas 12 horas que os personagens devem passar na casa.

The house, of course, is itself a character. It looks like an old fortress, maybe a building that could be a bank or a very secure governmental office – it reminded me of Fort Knox. Only later I learned that the Ennis House, used for exterior shots, was built based on Mayan architecture – it certainly rang a bell inside my historian’s brain. Beautifully furnished and decorated, the house is locked from the inside, having bars in the windows and a door like the ones found in vaults. Watson compares the impenetrability of the house to a coffin. There are attractions in every corner of the house: a dry stain in the ceiling still drops blood, a pit is full of acid, an organ plays without a pianist, hidden passages and more. There is definitely a lot to explore – and a lot to be afraid of – in the 12 hours the characters are supposed to spend there.


A trilha sonora tem tudo que se espera de uma trilha de filme de terror clássico: é horripilante, tem pequenos efeitos sonoros como portas abrindo e rangendo, piano, pratos e um suspense crescente. O compositor Von Dexter trabalhou em quatro filmes com o diretor William Castle, e esta é uma de suas composições mais icônicas.

The soundtrack is everything you can expect from a classic horror movie soundtrack: it’s eerie; it has little sound effects like doors opening and squeaking, piano, plates and an ever-growing suspense. Composer Von Dexter worked in four films with director William Castle, and this is one of his most iconic compositions.

O diretor William Castle criou um truque chamado “Emergo” para acompanhar a exibição do filme em alguns cinemas: durante uma cena importante, um esqueleto de plástico deveria emergir na frente da tela e flutuar. William Castle, rei dos truques, lucrou muito com suas ideias, e “A Casa dos Maus Espíritos” foi um sucesso de bilheteria- e o esqueleto foi inclusive creditado como “ele mesmo”. Este foi o primeiro de dois filmes que Castle e Vincent Price fizeram juntos no mesmo ano.

The director William Castle created a gimmick called “Emergo” to accompany the screening of the film in some theaters: during a key scene, a plastic skeleton was supposed to emerge in front of the screen and float around. William Castle, king of gimmicks, profited a lot with his little tricks, and “House on Haunted Hill” was a box-office hit - and the skeleton was even credited as “itself”. This was the first of two movies Castle and Vincent Price did together in the same year.


Nos últimos dez minutos, “A Casa dos Maus Espíritos” tem uma grande surpresa que o torna diferente de todos os filmes de terror que você já viu – na verdade, a surpresa até lhe confere um toque de filme noir. Filmada em apenas 13 dias, “A Casa dos Maus Espíritos” pode ter alguns defeitos, mas também mostra que filmes de baixo orçamento podem ser divertidos e assustadores – em especial se há algum truque envolvido.

In the last 10 minutes, “House on Haunted Hill” has an extreme plot twist that makes it different from all horror movies you've seen – in fact, the plot twist even makes it noirish. Filmed in only 13 days, “House on Haunted Hill” may have its flaws, but it also shows how low-budget films can be entertaining and frightening – especially if a gimmick is involved.

This is my contribution to the Vincent Price blogathon, hosted by Gill and Barry at ReelWeegieMidget Reviews and Cinematic Catharsis.

Sunday, April 5, 2020

A Mais Querida do Mundo (1962) / Billy Rose’s Jumbo (1962)


Um filme sobre o circo. Codirigido por Busby Berkeley, escrito por Sidney Sheldon, baseado numa peça escrita por Ben Hecht, estrelando Doris Day, Jimmy Durante e Stephen Boyd – sim, o Messala de “Ben-Hur”. E é um musical! O que poderia dar errado?

A movie about the circus. Co-directed by Busby Berkeley, written by Sidney Sheldon, based on a play written by Ben Hecht, starring Doris Day, Jimmy Durante and Stephen Boyd – yes, Messala from “Ben-Hur”. And it’s a musical! What could go wrong?


Um circo itinerante do passado está passando por dificuldades financeiras. Há muitas dívidas e o urso domesticado se demitiu por falta de pagamento. Não é só o urso que está de saída: alguns músicos, palhaços e um grande acrobata também vão embora. É neste momento que um belo estranho, Sam Rawlins (Stephen Boyd), chega à procura de trabalho – ele diz que pode fazer qualquer coisa. Num primeiro momento ele se desentende com Kitty (Doris Day), a gerente não oficial do circo e filha do dono do empreendimento circense.

An itinerant circus of days gone by is going through financial difficulties. There are lots of debts and the trained bear quit because it wasn’t paid. It’s not only the bear that’s leaving: some musicians, clowns and the star acrobat are also out. It’s in this moment that a tall dark stranger, Sam Rawlins (Stephen Boyd), arrives wanting work – he says he can do any kind of work. At first he clashes with Kitty (Doris Day), the circus’ unofficial manager and the owner’s daughter.


O dono do circo é Anthony Wonder (Jimmy Durante), que está noivo de Lulu (Martha Raye), a vidente do circo, há 14 anos. Entretanto, Anthony está mais apaixonado por Jumbo, o talentoso elefante do circo. Mas o principal concorrente de Anthony, John Noble (Dean Jagger), está de olho em Jumbo e mal pode esperar para comprar o elefante e todo o resto quando Anthony falir.

The owner of the circus is Anthony Wonder (Jimmy Durante), who has been engaged to Miss Lulu (Martha Raye), the circus’ fortune teller, for 14 years. However, Anthony is more in love with Jumbo, the circus’ talented elephant. But Anthony’s main competitor, John Noble (Dean Jagger), has an eye on Jumbo and can’t wait to buy the elephant and everything else when Anthony becomes bankrupt.


O número de Jimmy Durante na corda bamba é cheio de comédia física e eu tive de aplaudi-lo ao final. Ele também nos faz rir em muitos outros pequenos momentos, como quando ele diz que Jumbo se parece com ele, e também quando ele interage com Lulu. Se você pensou que Maurice Chevalier e Hermione Gingold foram a melhor coisa de “Gigi” (1958), espere até ver Jimmy Durante e Martha Raye em “A Mais Querida do Mundo”! Jimmy Durante não fez nenhum filme por 10 anos antes de “A Mais Querida do Mundo”, e não perdeu o jeito de fazer rir.

Jimmy Durante’s tightrope number is full of physical comedy and I couldn’t help but clap in the end. He also makes us laugh in many other small moments, like when he says Jumbo and him have an undeniable resemblance, and also whenever he interacts with Lulu. If you thought Maurice Chevalier and Hermione Gingold were the best thing in “Gigi” (1958), wait until you see Jimmy Durante and Martha Raye in “Billy Rose’s Jumbo”! Jimmy Durante hadn’t made any film for 10 years before “Billy Rose’s Jumbo” and didn’t lose his ability to make us laugh.


O circo é um meio muito visual. As ações importam muito mais que as palavras, e os movimentos dos acrobatas, palhaços e dançarinos são lembrados depois de muito tempo, enquanto as poucas palavras do mestre de cerimônias são logo esquecidas pelo respeitável público. Os números na corda bamba são os mais memoráveis – embora, obviamente, tenham sido executados por dublês e não por Jimmy Durante e Stephen Boyd. O coreógrafo que virou diretor Charles Walter faz maravilhas com sua câmera – ajudado por um idoso Busby Berkeley –, capturando toda a mágica de dias de glória do circo – melhor do que DeMille fez no oscarizado “O Maior Espetáculo da Terra” (1952).

The circus is a very visual medium. The actions matter way more than the words, and the movements of acrobats, clowns and dancers are remembered after a long time, while the few words of the master of ceremonies are soon forgotten by the public. The tightrope numbers are the most memorable ones – although, obviously, they were performed by stunts and not by Jimmy Durante and Stephen Boyd. Choreographer-turned-director Charles Walters does wonders with his camera – with the help of an old Busby Berkeley –, capturing all the magic of bygone circus’ glory days – better than DeMille did in his Oscar-winning “The Greatest Show on Earth” (1952).


Atualmente, a maioria dos circos não tem mais animais – algo que eu considero certo, por muitas razões. É interessante perceber que a tradição circense europeia apresentava seus animais em números divertidos, enquanto a tradição norte-americana preferia mostrar um domador domando “feras selvagens”. Exotismo era a norma nos circos, e você pode ver muitos animais exóticos – como camelos – desfilando no filme. De toda forma, em “A Mais Querida do Mundo”, o elefante é tratado como parte da família por Anthony e, em especial, por Kitty. Doris Day, conhecida ativista pelos direitos dos animais, e o elefante Sidney se deram muito bem antes e durante as filmagens, e é possível ver como os elefantes são inteligentes através dos truques que Sidney / Jumbo aprendeu.

Nowadays, most circuses don’t have animal stars anymore – something I agree with, for a bunch of reasons. It’s interesting to notice that the European circus tradition presented their animals in playful acts, while the North American tradition preferred to show a trainer taming “wild beasts”. Exoticism was the norm is circuses, and you can see many exotic animals – like camels – on parade in the film. Anyway, in “Billy Rose’s Jumbo”, the elephant is treated as part of the family by Anthony and, in special, Kitty. Doris Day, a notorious animal rights’ advocate, and the star elephant Sidney formed a true bond before and during filming and you can see how intelligent elephants are by the tricks Sidney / Jumbo performs.


As canções não são particularmente memoráveis. Além disso, Stephen Boyd foi dublado cantando, mas ninguém sabe quem o dublou, pois as fontes da época não são claras sobre isso. Boyd está muito bonito no filme, apresenta uma química excelente com Doris Day e foi indicado ao Globo de Ouro por sua performance. Boyd havia abandonado a produção de “Cleópatra” (1963) e foi substituído por Richard Burton – e Burton havia sido a primeira opção de Charles Walters para interpretar Sam em “A Mais Querida do Mundo”!

The songs are not particularly memorable. Furthermore, Stephen Boyd’s singing was dubbed, but nobody knows who dubbed him, as sources of the time aren’t clear about the matter. Boyd is probably at his most handsome, had an amazing chemistry with Doris Day and was nominated for a Golden Globe for his performance. Boyd had left the production of “Cleopatra” (1963) and was replaced by Richard Burton – and Burton had been Charles Walters’ first choice for Sam in “Billy Rose’s Jumbo”!


“A Mais Querida do Mundo” teve origem como uma peça em 1935 e Jimmy Durante fez parte do elenco original que se apresentou no Teatro Hippodrome de Nova York – a peça do empresário Billy Rose foi um fracasso. Os direitos da peça foram adquiridos pela MGM nos anos 1940, e em 1952 um musical baseado nela seria feito com Donald O’Connor e Debbie Reynolds, mas o projeto foi cancelado em pré-produção. Antes disso, “A Mais Querida do Mundo” seria um possível veículo para Judy Garland e Mickey Rooney ou Gene Kelly.

“Billy Rose’s Jumbo” was originated as a play in 1935 and Jimmy Durante was part of the original cast that performed at the New York city’s Hippodrome Theater – the play by showman Billy Rose was a flop. The rights of the play were acquired by MGM in the 1940s, and in 1952 a musical based on it was in the works, with Donald O’Connor and Debbie Reynolds, but it was cancelled during pre-production. Before that, “Billy Rose’s Jumbo” had been thought as a possible vehicle for Judy Garland and Mickey Rooney or Gene Kelly.


“A Mais Querida do Mundo” é um dos musicais pertencentes a um tempo em que musicais extravagantes estavam caindo de moda. Com mais de duas horas de duração, com direito a uma abertura, este foi um dos últimos grandes musicais da MGM, e também o último musical da carreira de Doris Day.

“Billy Rose’s Jumbo” is one of the musicals that belong to a time when extravagant musicals were dying. With over two hours, and complete with overture, this was one of the last big budget MGM musicals, as well as Doris Day’s last musical movie.


“A Mais Querida do Mundo” é um filme regular. Seu enredo é previsível, e a resolução do conflito principal é muito rápida. Mesmo assim, é um filme bem divertido – que te fará rir, se assustar, aplaudir e esquecer seus problemas. Acho que todos nós precisamos de um filme assim agora, não?

“Billy Rose’s Jumbo” is a regular movie. Its plot is predictable, and the resolution of the main conflict is incredibly quick. Nevertheless, it’s a very enjoyable movie – one that will make you laugh, gasp, clap and forget the current troubles. I guess we all need this kind of movie right now, isn’t so?

This is my contribution to the Fourth Annual Doris Day blogathon, hosted by Michaela at Love Letters to Old Hollywood.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...