Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Todos a bordo! Filmes com trens - Parte 1

Sugestão de consumo: Enquanto lê este post, escute esta obra-prima do compositor Heitor Villa-Lobos.

O trem foi um meio de transporte utilíssimo e que certamente marcou a vida de muitas pessoas. Acredito que vários leitores tenham doces memórias de viagens e passeios de trens. E entre essas lembranças, por que não incluir trens célebres do cinema?

Chegada do trem à estação (1895): O próprio cinema começou com um trem. Em 28 de dezembro de 1895 os irmãos Lumière projetaram suas primeiras películas. Reza a lenda que a chegada do trem assustou a plateia.   

O grande roubo de trem /The great train robbery (1903): Do primeiro filme ao primeiro faoreste. Em 1903, Edwin S. Porter rodou uma película de pouco mais de dez minutos que conta um engenhoso roubo de um trem. A cena final, com um ator atirando para a câmera, é famosa e, novamente, conta-se que causou frisson no público.

A General / The General(1927): As duas paixões de Johnnie (Buster Keaton) são sua namorada Anabelle (Marion Mack) e a locomotiva General. Quando ambas são raptadas por soldados do Norte durante a Guerra de Secessão, o covarde maquinista vai, sozinho, tentar resgatá-las.

O Expresso de Xangai / The Shanghai Express (1932): A bela Shanghay Lily (Marlene Dietrich) reencontra-se com o antigo amor, Donald Harvey (Clive Brook) durante uma viagem de trem de Xangai a Pequim. Esta é interrompida pelo ataque de bandidos, que ameaçam a vida de Donald, fazendo com que Lily tenha de agir para salvá-lo.

A Ceia dos Acusados / The Thin Man (1934): Embora o trem não seja fundamental, é no veículo que acontece o final do filme, e também onde começa e novamente termina sua sequência, “A Comédia dos Acusados / After the Thin Man”, de 1936. Quando Nick e Nora se beijam ao final do primeiro filme, o cão Asta esconde a cabeça entre as patas, cena que seria recriada no seriado “Casal 20”.

A Dama Oculta / The Lady Vanishes (1938): Uma garota rica conversa com uma governanta durante uma viagem de trem. Quando a velhinha desaparece no meio do trajeto, a garota começa a investigar o ocorrido, pois todos tentam convencê-la de que a senhora nunca esteve no trem.

Sombra de uma Dúvida / Shadow of a Doubt (1943): O clímax deste filme acontece em um trem, quando tio Charlie (Joseph Cotten) está indo embora e atrai Charlotte (Teresa Wright), com a clara intenção de livrar-se dela, pois a garota está desconfiada de que ele seja um assassino.

Pacto Sinistro / Strangers on a Train (1951): Hitchcock tinha alguma coisa com trens. É durante uma viagem numa locomotiva que o tenista Guy Haines (Farley Granger) e Bruno Anthony (Robert Walker) se conhecem. Bruno sugere uma troca de assassinatos: ele mataria a esposa de Guy e Guy, o pai de Bruno, de modo que nenhum dos dois crimes fosse descoberto.

Vale lembrar que a cena final de “Intriga Internacional / North by Northwest” (1959) também acontece num trem, lugar onde Roger O. Thornhill (Cary Grant) e Eve Kendall (Eva Marie Saint) se conhecem.

Quanto mais quente melhor / Some like it hot (1959): Logo que se juntam à banda rumo a Miami, Daphne (Jack Lemmon) e Josephine (Tony Curtis) viajam de trem com suas novas amigas. No meio da noite há incluive uma festinha na cabine de uma das meninas e, é claro, Daphne não hesita em entrar no clima. 

10 comentários:

Devaneios disse...

Não sei se você vai colocar na segunda parte, mas também tem O Assassinato no Expresso do Oriente, do Billy Wilder, baseado na obra da Agatha Christie.Muito boa sua postagem.Parabéns.

Profª Roberta Seneda disse...

oi Letícia!! Fiquei super feliz de te ver na Urca divulgando seu livro e dando autógrafos, parabéns!! Beijos Roberta

Jorge A. Holetz disse...

Oi Le,
Adorei o seu Blog. Vejo que como eu voce é uma apaixonada pela setima arte.
Vamos manter contato.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Eu sou louco por filme que se passam em trens... Um dos meus favoritos é O TREM com a Romy Schneider e o Jean-Louis Trintignant...

O Falcão Maltês

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Olá Lê, como vai?
Ótimo Post, Gostei da ideia.
Sou louco para ver esse A Dama Oculta mas nunca o encontro nas lojas.
Pacto Sinistro também é ótimo, assim como A General e claro, Quanto Mais Quente Melhor...

Aguardamos a parte dois...

Grande abraço,

Tsu disse...

Olá!!!
Achei seu blog por acidentalmente e gostei muito da forma como você se definiu. E também pelo seu gosto por filmes clássicos, claro. Também aprecio o bom cinema e gostaria de trocar idéias contigo, se for possível. Já estou te seguindo! o/

Rubi disse...

Mas que ótimo post Lê!
São todos verdadeiros clássicos. Como não lembrar dos primeiros filmes? Como não citar um dos mais famosos de Keaton? E quanto ao filme da Marilyn... é um dos meus preferidos. Lista ótima, de fato, não poderia ser melhor.

Pedrita disse...

eu adoro a general. bacana o post sobre filmes com trens. beijos, pedrita

Gilberto Carlos disse...

Também gosto de filmes passados em trens. Dos citados, assisti A dama oculta, A sombra de uma dúvida, Pacto sinistro... Mas você esqueceu de um dos mais famosos do gênero, Assassinato no expresso oriente da obra de Agatha Christie que se passa todo num trem. Abraços.

Rafa Amaral disse...

Um grande filme com trens não citado aqui é A Besta Humana, do Renoir. Muito legal ter lembrado de A Dama Oculta, bela comédia de Hitchcock que já anunciava o mundo em paranoia. O blog continua ótimo. cinemavelho.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...