Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Keaton fala!

Quem ficou em Hollywood quando os filmes falados viraram primeiro febre, depois regra, não teve alternativa a não ser enfrentar a prova de fogo e tentar repetir o sucesso do cinema mudo na nova era sonora. Alguns falharam, outros tiveram êxito, outros adiaram o máximo possível. Mas é preciso sobreviver em Hollywood, e parte da sobrevivência inclui se adaptar aos novos tempos.
É muito estranho pensar em Buster Keaton... falando. Sua expressão sempre imutável e sua comédia física eram suficientes para garantir fãs e risadas no cinema mudo. E foi com um personagem excêntrico em uma produção sobre os bastidores do mundo teatral (algo que estava muito na moda) que ele deu seu show: “Speak Easily”, de 1932 (no Brasil, o título é “Pernas de Perfil”).
O solitário Professor Timoleon Zanders “T. Z.” Post está um pouco triste com as insinuações de seu assistente, que diz que a depressão poderá matá-lo a qualquer momento, como aconteceu com seu antecessor. Mas tudo muda quando o Professor recebe a notícia de que herdou 750 mil dólares. Na mesma hora, ele larga tudo e decide viajar. Ele logo vai a uma estação de trem (ah, o que seria de Keaton sem um trem?) e lá encontra uma trupe de artistas, dentre os quais está o músico-ator-comediante James (Jimmy Durante) e a encantadora Pansy Peets (Ruth Selwyn).
Cheio de dinheiro e sem ter o que fazer, o Professor empresta um pouco para pagar as despesas dos artistas, e assim é elevado à posição de gerente do grupo. Ele decide então ir com o show para a Broadway!
Mas há muitos problemas no caminho. Primeiro: trata-se do show com o pior grupo de coristas já visto. O Professor não percebeu isso porque está apaixonado por Pansy, que aliás é a pior das dançarinas. Há também a ambiciosa artista Eleanor Espere (Thelma Todd), que está apenas interessada no dinheiro do Professor. Isso sem mencionar um certo probleminha com a herança do Professor...
Muitas pessoas notaram uma semelhança entre Buster Keaton e Jim Parsons, que interpreta o Dr. Sheldon Cooper em The Big bang Theory. Mais de uma vez Jim fez referência a Keaton no Instagram, e choveram comentários sobre como seria incrível se um dia Parsons interpretasse Keaton. Eu aplaudo a ideia e adoraria que isso acontecesse, pois teria a oportunidade de ouro de ver dois de meus ídolos em um. Pois bem, em “Speak Easily” o personagem de Keaton em muito se assemelha a Sheldon. Ambos são professores universitários com poucas habilidades sociais e que acabam provocando risadas sem querer.
Há poucos momentos de comédia física no filme, e estes são os mais divertidos. Sim, há alguns momentos em que a graça vem dos diálogos, e isso não prejudica em nada a performance de Buster Keaton. Colocá-lo em uma dupla com Jimmy Durante (só eu que acho que Jimmy se parece com Ed O’Neil?), aliás, foi uma excelente ideia, tanto é que eles repetiram a parceria em outros dois filmes.
A carreira sonora de Keaton não foi tão brilhante quanto sua fase muda, mas foi, sim, muito boa. Ele fez muitos curta-metragens, trabalhou na televisão e propôs gags para diversos filmes, entre eles o ótimo musical “A Bela Ditadora / Take Me Out to the Ballgame” (1949). Sua derrocada não veio por causa do som, mas por causa de uma mudança desastrosa: ao assinar contrato com a MGM em 1928, ele perdeu muito de sua liberdade para criar e inovar na comédia.
E o cinema sonoro trouxe um pequeno problema: o humor não era mais universal. O filme teria de ser traduzido para que espectadores de outros países os entendessem. E aí começa a loucura: a MGM gravava cada cena dos filmes falados de Keaton três vezes: a primeira em inglês, a segunda em espanhol, e a terceira em outra língua (francês ou alemão). Some a este cansaço alguns problemas pessoais, como o divórcio da esposa Natalie Talmadge, o distanciamento dos filhos e o alcoolismo: está explicado por que o gênio criativo de Keaton não floresceu com o mesmo vigor nos anos 30.
O importante é que Keaton fala. Fala bem e faz comédia. Como nunca deveria ter deixado de fazer.

“Speak Easily” está em domínio público! Você pode vê-lo no YouTube ou no Internet Archive.

This is my contribution to the First Annual Buster Keaton Blogathon, hosted by Lea at Silent-ology.

8 comentários:

Iza disse...

Buster Keaton era um baita ator e um ícone, né?
Não sabia que ele tinha feito filmes sonoros, só vi filmes mudos dele.
Adorei a postagem!
Beijos <3

Pedrita disse...

adoro buster keaton. postamos quase na mesma hora e eu tb postei sobre filmes clássicos. vou ver se vc falou desse aqui. beijos, pedrita

Silver Screenings disse...

What? This movie is in the public domain? Excellent! Thanks! I will bookmark this for later.

Le, your admiration and enthusiasm for Buster Keaton is evident in your post. It's a wonderful tribute.

P.S. Yes, maybe Jim Parsons will do an impersonation of Buster Keaton one day – that would be fantastic!

Joe Thompson disse...

Hi Lê. That was a good essay about Speak Easily. I had not thought about a resemblance between Buster and Jim Parsons. Too bad Sheldon is so tall. Thank you for sharing this with all of us.

girlsdofilm disse...

I'd never made the connection between Sheldon and Keaton before, but now that you mention it...!
Fun post Le, and happy to see this is in the public domain as I've actually never seen it before - I love Thelma Todd in Monkey Business so I'm sure I'll find something to like!

silentsplease disse...

Ha, I love the marriage conversation that you've GIF'd! Maybe I will give this a chance someday. I've always steered away from the Durante comedies since in the clips I've seen, I find him very grating ... but then there's Buster, and Thelma Todd, who I like a lot too.

Anônimo disse...

o Eduardo o 'Fredie Mercury' "prateado é muito fã do Keaton.eu ainda não vi nenhum filme dele mas fiquei com vontade de assistir esse!esse blog é excelente!vida longa e sucesso!!Marcos Punch.

ANTONIO NAHUD disse...

Ótimo texto, Le. Desconheço esse filme falado de Keaton - um comediante maravilhoso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...