Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

sábado, 12 de janeiro de 2019

Anjos de Cara Suja (1938) / Angels with Dirty Faces (1938)


Nós começamos a moldar nosso futuro ainda na juventude. Os amigos Jerry e Rocky aprendem essa lição do jeito mais difícil. Depois de roubarem canetas da carga de um trem, apenas Rocky é pego, e ele pede que Jerry fique calado e simplesmente siga em frente, para não ser condenado. Rocky é enviado para um centro de detenção para delinquentes juvenis e Jerry segue em frente. Como a prisão não regenera ninguém – algo que já vimos em “O Fugitivo” – Rocky passa a cometer crimes mais sérios e fica preso mais e mais tempo. Logo se passam 15 anos.

It's from a young age that we start molding our future. Friends Jerry and Rocky learn this the hard way. After robbing fountain pens from a train, only Rocky gets caught, and he tells Jerry to not tell anything and just move on with his life. Rocky is sent to a juvenile delinquents' detention center, and Jerry moves on. Since the detention doesn't help anyone – hey, we've seen this in “I am a Fugitive from a Chain Gang” – Rocky only graduates to more serious crimes and longer times in jail. Soon, 15 years have passed.


Rocky Sullivan (James Cagney) está finalmente livre depois de 15 anos preso. A primeira coisa que ele faz depois de sair da prisão é procurar pelo amigo Jerry (Pat O’Brien), que realmente se regenerou e agora é padre na igreja do bairro em que os dois cresceram. Rocky, entretanto, não saiu do mundo do crime, pois tem uma “parceria” com seu advogado James Frazier (Humphrey Bogart).

Rocky Sullivan (James Cagney) is finally free after 15 years. His first step once out of prison is to look for his friend Jerry (Pat O'Brien) who got truly reformed and is now a priest at their local church on the neighborhood they grew up in. Rocky, however, is not out of the crime world, as he has a “partnership” with his lawyer James Frazier (Humphrey Bogart).


O carisma de Rocky conquista a nova geração de delinquentes juvenis, um grupo de garotos sem futuro comandados por Soapy (Billy Halop). Rocky consegue convencer os meninos a praticar esportes no ginásio do padre Jerry e ao mesmo tempo ele dá aos meninos dinheiro roubado em troca de um favor. Vendo a influência que Rocky tem nas crianças, o padre Jerry começa uma cruzada contra os gângsteres da cidade – incluindo Rocky.

Rocky's charisma attracts the next generation of juvenile delinquents, a group of “dead end” kids commanded by Soapy (Billy Halop). Rocky is able to convince the kids to practice sports in Father Jerry's gym and at the same time also gives the kids stolen money in exchange of a favor. Seeing his bad influence in the kids, Father Jerry starts a crusade against the mobsters of the town – Rocky included.


Quando alguém tenta acabar com a máfia, tudo o que se encontra é corrupção por todo lado, inclusive entre aqueles que deveriam manter a lei e a ordem. O padre Jerry então percebe que os gângsteres controlam a cidade, e este poder paralelo é forte porque eles pagam e, mais comumente, ameaçam a polícia. Esta é uma descoberta que pode ser feita por muitas pessoas que buscam justiça ainda hoje.

When someone tries to dismantle the mob, all they can find is corruption, everywhere, even coming from the ones who should obey the law and keep the order. Father Jerry then realizes that the gangsters are the ones who control the town, and their parallel power is stronger because they bribe and, more often, intimidate the police. This is a realization that could be made by many people seeking justice even today.


O ator que interpreta o jovem Rocky, Frankie Burke, tem incrível semelhança física e vocal com James Cagney – experimente fechar os olhos e você perceberá que as vozes de ambos são quase iguais. Outro membro do elenco que merece sua atenção é Ann Sheridan, que interpreta Laury Martin, o interesse amoroso de Rocky – embora ele esteja mais interessado no crime do que em romance. Ann me lembrou de uma Rita Hayworth jovem, pré femme fatale, e é uma pena que Ann seja pouco lembrada – Cagney se referiu a ela como “uma garota muito bacana, Annie”.

The actor who plays the young Rocky, Frankie Burke, has remarkable physical and vocal similarities with James Cagney – I mean, close your eyes and you'll realize their voices are almost equal. Another player to take notice is Ann Sheridan, who plays Laury Martin, Rocky’s love interest – although he is more interested in crime than in love. Ann reminded me of a young, pre-femme fatale Rita Hayworth, and it’s a shame Ann is so little remembered – Cagney called her “a mighty nice gal, Annie”.
Frankie and Jimmy
Jimmy and Annie
Os garotos do grupo chamado de “Dead End Kids” eram um grupo de jovens que estrelaram a peça “Dead End” e a adaptação dela para o cinema em 1937. Estes jovens rapazes vinham realmente das vizinhanças barra-pesada de Nova York – assim como Cagney – e frequentemente faziam bagunça no set de filmagem – mas não com Cagney, que se mostrou mais durão que eles. O sexteto original fez três filmes, e com o tempo e com muitas formações diferentes, o grupo sobreviveu com outras séries de filmes e sob os nomes de Little Little Tough Guys,  East Side Kids e Bowery Boys. Com o passar do tempo, alguns dos meninos seguiram carreira solo e outros abandonaram o cinema.

The “dead end kids” were a group of young boys who starred in a play called “Dead End” and in the film adaptation of the same name in 1937. Those young boys were really from the New York tough neighborhoods – just like Cagney – and often caused trouble on the set – but not with Cagney, who proved to be tougher than them. The original sextet did three movies together, and with time and with several formations, the group went on with film series such as Little Tough Guys, the East Side Kids and the Bowery Boys. In this time, some boys went solo and others retired from the screen.


Em sua autobiografia “Cagney by Cagney”, James Cagney chama seu amigo e colega de cena Pat O'Brien de “inesquecível em mais de um sentido”, descrevendo como Pat estava sempre alegre, otimista e cheio de energia para trabalhar. No livro Cagney também diz que o roteiro era meia-boca, e ele e O'Brien tinham de improvisar, pois os roteiristas judeus não sabiam nada sobre os rituais da Igreja Católica. Além disso, Cagney diz que se inspirou em um criminoso que conheceu na juventude para compor o personagem Rocky, copiando seus maneirismos e até a maneira hoje icônica de cumprimentar.

In his autobiography “Cagney by Cagney”, James Cagney calls his friend and co-star Pat O’Brien “remarkable in more than one way”, describing how Pat was always cheerful, optimistic and full of energy to work. In the book Cagney also says that the script was kind of bad, which led to him and O’Brien improvising as the Jewish writers knew nothing about the rituals of the Catholic Church. Furthermore, Cagney says that he modeled Rocky over a fellow he used to know in his youth in New York, a pimp who greeted people the way Cagney does in the picture.


Outro filme em que dois amigos de infância seguem caminhos muito diferentes é “Vencido pela Lei”, de 1934. Neste filme, Blackie Gallagher (Clark Gable) se torna um gângster, e seu amigo de infância Jim Wade (William Powell) se torna advogado. Eles se apaixonam pela mesma mulher, Eleanor, interpretada por Myrna Loy. Em “Anjos de Cara Suja”, o que aproxima os amigos e mais tarde os afasta é a maneira como eles tratam os meninos delinquentes.
 
Another film in which two childhood friends follow very different paths in life is “Manhattan Melodrama”, from 1934. On this film, Blackie Gallagher (Clark Gable) turns into a gangster, and his childhood friend Jim Wade (William Powell) becomes an attorney. They fall in love for the same woman, Eleanor, played by Myrna Loy. In “Angels with Dirty Faces”, what makes the friends closer and later push them apart is how they handle the dead end boys.

“Anjos de Cara Suja” termina com uma dúvida que ainda é debatida entre os fãs de cinema clássico – eu particularmente acredito que Rocky só fingiu estar com medo para satisfazer seu amigo. Além disso, o filme trouxe uma das performances mais icônicas e imitadas de Cagney. De acordo com a Wikipedia, este foi o nono filme com maior bilheteria em 1938. De acordo com o site Ultimate Movie Rankings, ele foi o quinto. Não importa a posição no ranking, “Anjos de Cara Suja” foi um filme popular que permaneceu na memória do público e, ao ser assistido hoje, ainda se mostra interessante.

Angels with Dirty Faces” ends with a doubt that is still debated by classic film fans – I particularly believe Rocky only pretended to be scared to satisfy his friend. Moreover, the movie brought one of the most iconic and mimicked Cagney performances. According to Wikipedia, it was the 9th highest grossing film of 1938. According to the website Ultimate Movie Ranings, it was the fifth. No matter the position in the ranking, “Angel with Dirty Faces” was a popular film that remained in the public's memory for decades and is still interesting when watched today.

This is my contribution to the Made in 1938 blogathon, hosted by Robin and Crystal at Pop Culture Reverie and In the Good Old Days of Classic Hollywood.


segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

2018 em retrospecto / 2018 in retrospect


Foi difícil escolher uma palavra para definer 2018.  O dicionário Oxford escolheu “tóxico”. O site Dictionary.com escolheu “desinformação”, e o Merriam-Webster escolheu “justice”. Alguns textos no Medium apontaram outras opções, como “trauma” e “luto”. De certa maneira, todas estas palavras estão corretas. 2018 não foi um ano fácil para a sociedade, em especial para nós que vimos com horror a ascensão do fascismo mais uma vez – para uma historiadora como eu, é como se um filme de horror passasse pelos meus olhos, mas agora não é ficção.

It was hard to choose one word to define 2018. Oxford Dictionaries chose “toxic”. Dictionary.com chose “misinformation”, and Merriam-Webster chose “justice”. Some think pieces on Medium pointed other options, such as “trauma” and “grief”. In a way, all these words are correct. 2018 wasn’t easy for as a society, in special for those of us who watch with horror the rise of fascism all over again – for a historian like me, it’s like a little horror movie being shown in front of my eyes, but not in the movie slot, but at the TV news.
 
NOPE
E mesmo assim, na minha vida pessoal, 2018 foi bom – eu, eu escrevi um capítulo de um livro sobre Alfred Hitchcock! E foi bom por causa do cinema. Eu estou cada vez mais convencida de que nós temos as artes em geral e o cinema em particular para nos salvar da excruciante dor da realidade.

And yet, in my personal life, 2018 was goo – hey, I wrote a book chapter about Alfred Hitchcock! And it was good because of the movies. I’m more and more convinced that we have the arts in general and the movies in particular to save us from the excruciating pain of reality.


That's the book
That's me
Estes foram os melhores filmes que eu vi em cada mês – os filmes que me ajudaram a escapar da realidade:

These are the best films I’ve watched each month – the films that helped me escape reality:
My 2018 film notebook
Janeiro: “A Senhora e seus Maridos” (1964) é uma das mais deliciosas comédias que eu já vi. Sua estrela é Shirley MacLaine, interpretando uma garota que só quer ser feliz, mas acaba casada com vários homens, um após o outro, que de repente se tornam ricos, famosos e infelizes. Como seus maridos, temos Dick Van Dyke, Paul Newman, Dean Martin, Gene Kelly e Robert Mitchum.

January: “What a Way to Go!” (1964) is one of the most delightful comedies I’ve ever seen. It stars Shirley MacLaine as a girl who only wants to be happy, but ends up marrying a series of men who suddenly become rich, famous and unhappy. As her husbands, we have Dick Van Dyke, Paul Newman, Dean Martin, Gene Kelly and Robert Mitchum.


Menção honrosa para “Meu Querido Maluco” (1941), um filme que deveria aparecer no topo de todas as listas de melhores screwball comedies. Suas estrelas são a incrível dupla Myrna Loy e William Powell!

Honorable mention to “Love Crazy” (1941), a film that should be up there in the list of best screwball comedies. It stars the amazing duo Myrna Loy and William Powell!


Fevereiro: O primeiro ganhador do Oscar de Melhor Filme, “Asas” (1927) me impressionou de várias maneiras. As sequências aéreas, a estupidez da guerra, a amizade entre os dois protagonistas, a cena do balanço: estas poderiam ser as quatro razões pelas quais William A. Wellman foi um dos melhores diretores de todos os tempos.

February: The first Best Picture Oscar winner, “Wings” (1927) mesmerized me in more than one way. The aerial sequences, the stupidity of war, the friendship between the two leads, the swing scene: these could be the four main reasons why William A. Wellman was one of the best directors ever.



Março: Você já ouviu falar do filme tcheco-eslovaco “Tomorrow I’ll Wake Up and Scald Myself with Tea”, de 1977? Eu também não o conhecia até que a Ruth do blog Silver Screenings escreveu sobre ele. Como o filme estava disponível online, eu decidi lhe dar uma chance, e ri mais com ele do que ri no ano inteiro. O filme é sobre o piloto Charles (Petr Kostka), que é parte de um plano para viajar no tempo e fazer a Alemanha ganhar a Segunda Guerra Mundial. Charles morre de repente e seu irmão gêmeo, John (também Petr Kostka), assume a missão. É preciso ver para crer.

March: Have you ever heard about the Czechoslovakian film “Tomorrow I’ll Wake Up and Scald Myself with Tea”, from 1977? I also hadn’t heard about it until Ruth from Silver Screenings wrote about the film. Since it was available online, I decided to give it a chance and, boy, I laughed more than I had in a long time. The film is about pilot Charles (Petr Kostka), who is part of a plan to travel in time and make German win World War Second. Charles dies suddenly and his twin brother, John (also Petr Kostka) assumes his mission. It needs to be seen to be believed.


Menção honrosa para “A Grande Ilusão” (1949), um filme tão atual que chega a doer. Minha avó também viu o filme e disse que era chato. Ela não é mais minha avó...
Brincadeirinha.

Honorable mention to “All the King’s Men” (1949), a film so modern it hurts. Also, my grandmother also watched this and thought it was boring. She is no longer my grandmother…
 Just kidding.

Abril: O filme de estreia de Doris Day, “Romance em Alto Mar” (1948), pode melhorar o humor de qualquer um. Este amável musical também conta com Janis Paige, Jack Carson e números coreografados por Busby Berkeley.

April: Doris Day’s debut, “Romance on the High Seas”(1948) can be the definition of a feel-good movie. This sweet musical also stars Janis Paige, Jack Carson and has numbers staged by Busby Berkeley.


Menção honrosa para a adorável comédia “A Incrível Jornada de Jacqueline” (2016), sobre um homem que atravessa a França a pé acompanhado de sua vaca.

Honorable mention to the delightful comedy “La Vache” (2016), about a man in a cross-country trip with his cow.


Maio: “A Canção da Liberdade” (1936) é o filme que iniciou minha obsessão com Paul Robeson. Eu também fiquei obcecada com a canção “Lonely Road” e escutei-a sem parar no Spotify. Paul Robeson pode não ser muito popular hoje, mas foi um grande ator, cantor e ser humano.

May: “Song of Freedom” (1936) is the film that started my obsession with Paul Robeson. I became obsessed with his song “Lonely Road” and listened to it on loop on Spotify. Paul Robeson may be not remembered that well, but he was a great actor, singer and human being.


Menção honrosa para “O Homem que Não Vendeu sua Alma” (1966) e a atuação inspirada de Paul Scofield.

Honorable mention to “A Man for All Seasons” (1966) and Paul Scofield’s inspired performance.


Junho: “Melodia da Broadway” (1929) foi o primeiro musical e ganhar o Oscar de Melhor Filme e eu o vi como parte do curso TCM – Mad About Musicals. O filme pode parecer primitivo, mas certamente é um marco na história de Hollywood. Além disso, Bessie Love é um amorzinho.

June: “The Broadway Melody” (1929) was the first musical to win the Best Picture Oscar and I watched it as part of the Mad About Musicals TCM course. It may seem primitive, but it was certainly a landmark in the history of Hollywood. Also, Bessie Love is love.


Menção honrosa para “As Boas Maneiras” (2017), um filme de brasileiro de horror e fantasia que me deixou sem fôlego.

Honorable mention to “The Good Manners” (2017), a Brazilian horror-fantasy that just took my breath away.


Julho: “A Porta de Ouro” (1941) é sobre imigrantes presos na fronteira, sem poder entrar nos EUA. Mais um filme com um tema muito atual – e que filme emocionante!

July: “Hold Back the Dawn” (1941) is about immigrants trapped in the border, not being able to enter the US. Another film with a very modern theme – and such a touching one!


Agosto: Até agosto, eu nunca tinha visto “Grande Hotel” (1932) e não sabia o que estava perdendo! Amei o filme, em particular as maneiras como ele trata de temas como solidão, ganância e do poder que o dinheiro tem de destruir pessoas.

August: Until August, I hadn’t watched “Grand Hotel” (1932) and, wow, I was missing a lot! I loved the film, in particular the themes of solitude, greed and the power money has to destroy people.


Menção honrosa para “Ao Sul do Pacífico” (1959), um filme cuja trilha sonora se tornou minha obsessão.

Honorable mention to “South Pacific” (1959), a film whose soundtrack became my obsession.


Setembro: Reassistir a “Fome por Glória” (1933), meu filme favorito com Richard Barthelmess, foi recompensador. Em apenas 76 minutos, ele lida com temas como o abandono dos veteranos de guerra, vício em drogas, socialismo, a Grande Depressão e muito mais.

September: Rewatching “Heroes for Sale” (1933), my favorite Richard Barthelmess film, proved to be rewarding. In only 76 minutes, it manages to deal with war veterans being abandoned, drug addiction, socialism, the Depression and much more.


Outubro: “Estrela Ditosa” (1929) tem o melhor do cinema mudo: atuações charmosas, uma dupla com muita química – Janet Gaynor e Charles Farrell – e ótima direção de arte. Frank Borzagefoi realmente um mestre.

October: “Lucky Star” (1929) has the best of silent films: charming performances, a duo with great chemistry – Janet Gaynor and Charles Farrell – and great art direction. Frank Borzage was really a master.



Novembro: “Eu Acuso!” (1919) estreou apenas seis meses após o fim da Primeira Guerra Mundial e é impressionante. Suas quase três horas de projeção passam muito rápido.

November: “J’Accuse” (1919) was released only six months after the end of World War I and it is breathtaking. Its nearly three hours passed by quick and easy.

Menção honrosa para “O Fugitivo” (1932), um filme que vale ser revisto sempre.

Honorable mention to “I am a Fugitive from aChain Gang” (1932), a film always worth revisiting.


Dezembro: Meu querido “Inimigo Público” (1931) provou que continua bom depois de ser reassistido… quatro vezes.

December: My dear “The Public Enemy” (1931) proved to be as good the… fourth time around.


Menção honrosa para “Becket – O Favorito do Rei’ (1964), um grande filme histórico com a carismática dupla Peter O’Toole e Richard Burton.

Honorable mention to “Becket” (1964), a great historical flick with the charismatic duo Peter O’Toole and Richard Burton.


Que não nos faltem bons filmes em 2019!

May 2019 be filled with good movies!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Vênus, a Deusa do Amor (1948) / One Touch of Venus (1948)


Há muitas atrizes do cinema clássico que poderiam ser chamadas de deusas – atrizes demais para citar aqui. Mas foram poucas que de fato interpretaram deusas nas telas. Uma delas foi Rita Hayworth em “Quando os Deuses Amam” (1947). No ano seguinte, outro filme sobre uma deusa que vem à Terra e se apaixona por uma mortal foi feito: “Vênus, a Deusa do Amor”. A atriz sabiamente escolhida para interpretar a deusa foi Ava Gardner.

There were many classic film actresses that could be called goddesses – like, too many to mention. But only a handful of them went on to actually play goddesses on screen. One of them was Rita Hayworth in “Down to Earth” (1947). The following year, another movie about a goddess who comes to Earth and falls in love with a mortal was made: “One Touch of Venus”. The actress wisely chosen to play the love goddess was Ava Gardner.


Os créditos passam por cima de um anfiteatro grego. Quando eles acabam, Eddie Hatch (Robert Walker) aparece por trás do anfiteatro, revelando que este era um modelo em uma vitrine. O atrapalhado Eddie é então chamado por seu chefe Savory (Tom Conway) para consertar as pregas de uma cortina que cobre a estátua da deusa do amor, Vênus. Eddie fica encantado com a estátua e, depois de tomar uma taça de champanhe, a beija. Um trovão se escuta e a estátua se torna viva. Agora, Eddie está com problemas e Vênus, a deusa do amor (Ava Gardner) só vai criar mais confusão.

The credits roll over a Greek amphitheatre. When we’re done with the credits, Eddie Hatch (Robert Walker) appears behind the amphitheatre, revealing that it was a window shop model. Clumsy Eddie is then called by his boss Savory (Tom Conway) to fix a curtain drape that covers a statue of the love goddess Venus. Eddie becomes infatuated by the statue and, after one glass of champagne, he kisses it. A thunder is heard and the statue comes to life. Now Eddie is in trouble, and Venus, the love goddess (Ava Gardner) will only bring him more problems.


Primeiro, Eddie é acusado por seu chefe de ter roubado a estátua. Ele diz a verdade ao chefe e à polícia, mas ninguém acredita que uma estátua de mármore simplesmente saiu andando. Eddie é mandado para casa, onde recebe cuidados do amigo Joe (Dick Haymes) e da namorada Gloria (Olga San Juan). Logo Vênus reaparece, e eles têm de fugir para escapar da fúria ciumenta de Gloria.

First, Eddie is accused by his boss of stealing the statue. He tells him and the police the truth, but nobody believes that a marble statue simply walked away. Eddie is sent home, where he is helped by his friend Joe (Dick Haymes) and his girlfriend Gloria (Olga San Juan). Soon Venus reappears there, and they have to run away to escape Gloria’s jealous fury.

Na sua forma humana, Vênus não usa seus poderes com frequência – só em momentos cruciais. Seu maior poder é a sedução, e quando ela descende do Olimpo, o amor fica no ar. Além disso, ela só quer se divertir aqui na Terra durante alguns dias. Considerando sua beleza, sex appeal e personalidade de amante da diversão, podemos dizer que a escolha da jovem Ava Gardner, então com 23 anos, foi perfeita.

In her human form, Venus doesn’t use her powers often – only in crucial moments. Her biggest power is seduction, and when she descends from the Olympus, love gets in the air. Moreover, she just wants to have fun while she is spending a few days on Earth. Considering her beauty, sex appeal and fun-loving personality, we can say that choosing young Ava Gardner, then 23, was a perfect move.


Se você só conhece Robert Walker como o sinistro Bruno de “Pacto Sinistro” (1951), você terá uma grande surpresa. Ele é muito engraçado como Eddie, fazendo caras e boas exageradas e parecendo tão desconcertado com o que acontece quanto Cary Grant em “Este Mundo é um Hospício” (1944). Outra boa performance é de Eve Arden, que interpreta a secretária de Savory, Molly, que é apaixonada pelo patrão. Ela tem várias frases de efeito engraçadas e também brilha com suas expressões faciais.

If you’re only familiar with Robert Walker as the sinister Bruno in “Strangers on a Train” (1951), you’re in for a huge surprise. He is very funny as Eddie, making exaggerated faces and appearing as flabbergasted by all the action as Cary Grant is in “Arsenic and Old Lace” (1944). Another great performance is Eve Arden’s, who play Savory’s secretary Molly, who is in love with her boss. She has many hilarious one-liners and also shines with her facial expressions.


“Vênus, a Deusa do Amor” é um filme de fantasia e comédia romântica e é também um musical. Há três números musicais, e em todos eles a voz de Ava Gardner é dublada por Eileen Wilson. Em sua curta carreira de apenas 12 filmes, Eileen dublou atrizes como Jane Russell em “Os Homens Preferem as Loiras” (1953) e Ava em três ocasiões: “Mercador de Ilusões” (1947), “Lábios que Escravizam” (1949) e aqui em “Vênus, a Deusa do Amor”.

One Touch of Venus” is a romantic comedy-fantasy and also a musical. There are three musical numbers, and in all three Ava Gardner’s singing voice is dubbed by Eileen Wilson. In her short career that lasted only 12 films, Eileen dubbed actresses like Jane Russell in “Gentlemen Prefer Blondes” (1953) and Ava in three occasions: in “The Hucksters” (1947), “The Bribe” (1949) and here in “One Touch of Venus”.


A trama tem origem em um fato histórico misturado a um mito grego. A influência histórica é o templo de Vênus na cidade grega de Tessalônica, construído no século VI a.C. - e ainda preservado. O mito em questão é o mito de Pigmaleão, um escultor talentoso que se apaixonou por uma de suas criações. Vênus, a deusa do amor, foi ao seu estúdio ver as estátuas e, comovida com a estátua em questão, chamada Galateia, deu vida a ela.

The plot is originated in a historical fact mixed with a Greek myth. The historical influence is the temple of Venus in the Greek city of Thessaloniki, built in the 6th century B.C. - and  preserved until today. The myth in question is the myth of Pygmalion, a talented sculptor who fell in love with one of his creations. Venus, the goddess of love, went to his studio to see his statues and, moved by his devotion to the statue named Galatea, brought it to life.

With director William A. Seiter
É inevitável a comparação entre “Vênus, a Deusa do Amor”, e “Quando os Deuses Amam”. “Quando os Deuses Amam” foi feito em 1947 pela Columbia e trazia Rita Hayworth como Terpsícore, a musa da música e da dança, que se apaixona por um mortal que num primeiro momento ela queria punir. Em “Vênus, a Deusa do Amor”, feito pela Universal em 1948, Vênus se apaixona pelas pequenas coisas que um mortal – que já estava apaixonado por ela – dá a ela. Além disso, “Quando os Deuses Amam” é em Technicolor, e “Vênus, a Deusa do Amor” é em preto e branco – embora o plano inicial era que fosse em cores, quando Mary Pickford comprou os direitos da peça de teatro original para produzir o filme.
  
We can't avoid comparing “One Touch of Venus” with “Down to Earth”. “Down to Earth” was made in 1947 by Columbia and starred Rita Hayworth as Terpsichore, the muse of music and dance, who falls in love with a mortal who she was at first going to punish. In “One Touch of Venus”, released by Universal in 1948, Venus falls in love with the little things a mortal – who was already in love with her – provides her. Moreover, “Down to Earth” is in Technicolor, and “One Touch of Venus” is in black and white – although it was first supposed to be shot in color, when Mary Pickford bought the rights of the original play to produce a movie in 1945.



“Vênus, a Deusa do Amor” é um filme subestimado que podia ser mais longo. Mesmo assim, ele tem mais pontos positivos que negativos, e é um filme que te fará sorrir e desejar a possibilidade de experimentar um amor inspirado por ninguém mais ninguém menos que Vênus, a deusa do amor.

“One Touch of Venus” is an underrated movie that could have been longer. However, it has more positive aspects than negative ones, and it is a movie that will make you smile and wish you could experience a love inspired by Venus herself.


This is my contribution to the Ava Gardner blogathon, hosted by Maddy at Maddy Loves Her Classic Films.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...