Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Esther Williams e a moda praia

O século XX foi de rápidas mudanças em diversas áreas. Uma delas foi a moda. Dos vestidos longuíssimos e ternos sisudos aos shorts, camisetas e looks despojados. Isso tudo em meros cem anos. De fundamental importância foi o cinema para ditar a moda, uma vez que era a mais popular forma de arte. O endeusamento de suas estrelas fez milhões de espectadoras sonharem com os figurinos pomposos que viam nas telas. Muitas delas foram atrás dessas roupas, copiando no dia-a-dia o visual das estrelas.

Ainda hoje as roupas dos filmes clássicos continuam a encantar. O comentado e atualíssimo figurino de Audrey Hepbrun em “Bonequinha de Luxo / Breakfast at Tiffany´s” acaba de completar, quem diria, 50 anos! Audrey, aliás, é um ícone fashion da sétima arte.

Mas não é dela que vou falar hoje. É de alguém com muito menos roupa. (!) Esther Williams, a sereia da MGM, foi também influente para a moda nas praias e piscinas do mundo todo. Nascida em 1921, a mais nova de cinco filhos, Esther foi campeã de natação e modelo antes de estrear nos cinemas. Antes dela, ninguém teve a grande sacada de glamourizar ainda mais o musical usando números aquáticos. E, por isso mesmo, ninguém tinha experiência para desenvolver maiôs para serem usados nas filmagens.
Em um de seus primeiros filmes “Paixão em Jogo / Thrill of a Romance” (1945), Esther teve de usar maiôs de flanela. Eles encharcavam e pesavam, puxando-na para o fundo da piscina. A saída era, segundo a própria atriz, descer o zíper da peça, retirá-la e voltar nua para a superfície.

Em 1948, ela passou a ser garota-propaganda da marca Cole. Feitos de látex e sem zíper, os maiôs da marca proporcionaram muito mais conforto à estrela. Em 1952, ela desenvolveu um maiô especialmente para as mulheres da Marinha americana.   

Nesse mesmo ano ela filmava “A Rainha do Mar / Million Dollar Mermaid” (1952), cinebiografia da nadadora australiana Annette Kellerman. Um dos pontos altos do filme é o escândalo causado pela roupa de banho usada por Annette em 1900. De peça única, ela quase foi presa por atentado ao pudor.
Depois da aposentadoria das telas, Esther se dedicou, entre outras coisas, a criar roupas de banho com estilo retrô. Ela ainda possui essa linha. Seus maiôs certamente influenciaram uma geração de banhistas. Talvez a influência não tenha sido tão acentuada quanto foram outros ícones do cinema, mas certamente várias cinéfilas já se imaginaram nadando em uma de suas extravagantes roupas de banho.  

"I can’t remember a time when I wasn’t in a swimsuit. There were all those hours and weeks and years of competitive swimming – and ‘magic movie swimming’!"














P.S.: A todos os leitores que, além de cinema, gostam de TV, leiam um artigo que escrevi para o Cinebulição sobre a legendária série FRIENDS: http://cinebuli.blogspot.com/2011/03/diario-de-um-cinefilo-2-bimestre2011.html

14 comentários:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Bom saber um pouco mais sobre a sereia Esther Williams.
Tudo de bom,

O Falcão Maltês

Nuno Sotto Mayor Ferrao disse...

Caríssima Letícia,

Agradeço a simpática apreciação que faz do meu espaço de partilha de ideias e de cultura da blogosfera. Tive oportunidade de visitar este seu fantástico blogue, que nos mostra a sua predilecção cinéfila. Para todos os cinéfilos, que gostam de filmes clássicos, é um espaço que recomendo vivamente. Vou procurar estar atento às suas novidades. Muitos parabéns Letícia!

Saudações cordiais, Nuno Sotto Mayor Ferrão
www.cronicasdoprofessorferrao.blogs.sapo.pt

hollywoodrevue disse...

Thank you so much for participating in the blogathon, I really enjoyed your piece! I can't think of any other star who defined swimwear more than Esther Williams. Thank you again!

Pena disse...

Estimada e Brilhante Amiga:
Um belo e delicioso passar pela moda e pelas actrizes que a vestem a preceito ao longo dos tempos.
É linda. Perfeita no que concebe de pureza e beleza imensas.
Bem-Haja, pela ternura expressa no meu blogue.
O seu fascina e maravilha.
Abraço amigo de respeito e gratidão.
Sempre a admirar o que concebe de encanto e de forma mágica.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua visita.
Apareça sempre, é bem-vinda.
Bem-Haja, notável amiga de sonho.
Fabulosa.
Adorei.
Bem-Haja!

Yvette disse...

I always loved Esther's one piece suits. Especially that gold lame one. She always looked wonderful

。♥ Smareis ♥。 disse...

Esther Williams,que bela sereia.Fico vendo essa foto e pensando como existia mulheres bonita e nem existia silicone e cirurgias plástica tão avançado como hoje.Ainda nascem mulheres lindas, só que elas não se acha tão bonita assim e começa a se tornar refém da cirurgia e com o tempo fica deformada e infeliz da vida. A beleza interior com a beleza exterior faz da mulher uma princesa sem precisar acrescentar nada. Lindo o seu post,não conhecia a história da Esther Williams. Obrigada flor pela presença no meu blog, gostei muito de receber você por lá, e espero te ver outras vezes.Vou seguir teu blog, e passa por lá e faça membro do meu também. Bjs e ótimo fim de semana.
Smareis

Carla Marinho disse...

Oi Lê,
esse post foi indicado no links da semana:
http://blogsdecinemaclassico.blogspot.com/2011/09/links-da-semana-de-18-2509.html

Tsu disse...

Oi Lê1
Garota, curtia muito seu blog, de verdade!
Estou te seguindo e espero que possamos trocar idéias pois também sou cinéfila com tendências nerds rs.

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

! Marcelo Cândido ! disse...

Obg pela visita
Seu blog tbm é legal
Só nas raridades heim
hehe
!!!
Até

Maxwell Soares disse...

Esse teu texto lembra bem o que estou escrevendo,agora, para o blogger: Uma resenha sobre o livro 1808 de Lauentino Gomes. Há uma passagem no livro que narra a chegada de Carlota Joaquina, cunhadas, sogra e filhas. A curiosidade está no corte de cabelo bem curto por causa dos piolhos existentes nas embarcações. No momento elas todas de cabelos curtos e com a cabeça enrolada num espécie de turbante. Quando as portuguesas e brasileiras viram pensaram que era a última moda da França e, logo, passaram a aderir aquela "moda". Isso não faz parte da postagem é apenas uma curiosidade que há no livro. Um abraço

。♥ Smareis ♥。 disse...

Desejo um ótimo começo de semana cheio de coisas especiais. Beijo grande!
Smareis

renatocinema disse...

Gostei do visual e do site.

Rubi disse...

Mas que post incrível Lê!
Sempre me surpreendo ao passar por aqui, post mais que merecido a sereia Esther Williams. Confesso que pouco sabia sobre ela. Eu, particularmente, achei genial a ideia dela de criar roupas com estilo retrô.

Beeijos, até mais!

Luna Sanchez disse...

Como a moda era rica antigamente, não? Nasci na época errada.

Rs

Um beijo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...