Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Myrna Loy: fatos rápidos



Myrna Williams nasceu em 2 de agosto de 1905 e faleceu em 14 de  dezembro de 1994. Seu pai escolheu o nome dela ao passar por uma estação de trem chamada Myrna. Ela cresceu na mesma cidade que Gary Cooper.

Quando o pai morreu durante a epidemia de gripe espanhola de 1918, Myrna, o irmão e a mãe, uma pianista, foram para Los Angeles.
Sua estreia nos palcos foi aos 12 anos, ao apresentar uma dança que ela mesma havia coreografado. Dançar permaneceu como seu hobby para toda vida.

Na escola em que estudou há uma estátua dela feita em 1916. Myrna teria posado para a figura “Inspiração”.

Ela apareceu dançando em números antes dos filmes serem exibidos. Alguns dos trabalhos foram em sessões de “Os Dez Mandamentos” (1923) e “O Ladrão de Bagdá” (1924). Foi numa dessas apresentações que a esposa de Valentino, Natacha Rambova, viu Myrna e conseguiu um trabalho para ela. Antes disso, curiosamente, ela havia falhado em um teste para um filme de Valentino.

No cinema mudo Myrna fez pequenos papéis no estilo vamp ou femme-fatale, notadamente na Warner. Só conseguiu melhores personagens ao assinar contrato com a MGM.
Ela esteve no primeiro filme com som sincronizado (e com maior quantidade de beijos na história), “Dom Juan” (1926), e também no primeiro filme com diálogos, “O Cantor de Jazz” (1927).

Seu papel mais famoso com certeza é o de Nora Charles na série The Thin Man. Foram seis filmes ao lado de seu amigo William Powell. O papel abriu portas para que ela interpretasse mulheres sofisticadas, espirituosas e inteligentes.
Em 1936 ela foi eleita a Rainha dos Filmes, ganhando uma coroa de lata e veludo roxo, e o rei foi Clark Gable. No começo, Gable e Loy se estranharam, mas ficaram amigos e fizeram filmes juntos.

Durante a década de 30 o que as mulheres mais queriam ao procurar um cirurgião plástico era ter o perfil de Myrna Loy.

Myrna e William Powell fizeram 14 filmes juntos, sendo que o último contém apenas uma participação de Myrna como esposa do personagem de William.

Apesar de toda sua popularidade, Myrna jamais foi indicada ao Oscar. Em 1991 ela recebeu um Oscar Honorário e seu breve agradecimento foi transmitido ao vivo de seu apartamento em Manhattan, onde morava desde 1960.

Era grande amiga de Joan Crawford e, tendo feito uma peça com Christina Crawford, filha adotiva da atriz, pôde sair em defesa de Joan após a publicação do livro difamatório “Mommie Dearest”.

Ela foi a primeira atriz a trabalhar para a UNESCO, servindo de 1949 a 1954 como consultora de filmes para a instituição.

Sua primeira peça na Broadway foi aos 68 anos, em 1973, em “As Mulheres”. Na versão cinematográfica de 1939, ela foi uma das duas únicas grandes estrelas da MGM (a outra foi Greta Garbo) que ficou fora do filme.
À esquerda, George Cukor, John Wayne e Myrna
A partir da década de 1970, Myrna fez vários filmes para a televisão. Seu último trabalho foi “Summer Solstice” (1981), também o último trabalho de Henry Fonda.

Nunca viveu das glórias do passado e elogiou novos talentos que surgiram nas décadas seguintes, como Liza Minnelli e Barbra Streisand.

Myrna casou-se e divorciou-se quatro vezes e não teve filhos. Era democrata e feminista, foi contra a onda anticomunista em Hollywood, apareceu na lista negra de Adolf Hitler por se dizer contra o ditador e era a atriz favorita do gangster Jon Dillinger, que foi morto logo após uma sessão do filme “Vencido pela Lei / Manhattan Melodrama” (1934).

Por último, mas não menos importante, um assunto que nada tem a ver com Myrna Loy: mais um selinho que eu ganhei, novamente de minha amiga Iza do blog Vintage Iz. O prêmio deve ser repassado a dez outros blogs, e, como está na imagem, um dos critérios para a escolha é a beleza do blog (tanto no visual quanto na beleza da escrita). E os escolhidos são...

Devaneios                                                                               

21 comentários:

Marcela Costa :} disse...

BRIGADÃO LÊ!!
Amei!!!
Beijos!! :)

Iza disse...

Legal saber esses fatos sobre Myrna Loy. Confesso que não conhecia a história dela, mas acabei me apaixonando. Beijos <3

Gilberto Carlos disse...

Com certeza Myrna Loy foi uma das maiores musas do cinema mudo.

Marcia Moreira disse...

Oi, Lê.
Você acredita que ainda não assisti a um filme com a Myrna Loy? Que vergonha!!!

Obrigada pelo selinho. Já, já contemplarei outros blogues com este presente.

Beijos e sucesso com seu livro.

Devaneios disse...

Muito obrigado pelo selinho Lê! Já sobre a Myrna Loy, gosto muito dela, ela tem um perfil mais exótico, não presente nas atrizes da época. Certamente mereceu o título de rainha dos filmes.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Olá, parceira, depois de umas pequenas férias, O FALCÃO MALTÊS está de volta, disposto a continuar celebrando sua paixão pelo cinema clássico.
Lindo post, amo a MYRNA LOY. Ontem mesmo vi a comédia LAR, MEU TORMENTO.

Cumprimentos cinéfilos!
O Falcão Maltês

Rubi disse...

Sempre gostei muito da Myrna Loy, mas confesso que ainda não assisti seus filmes mais antigos. Por outro lado, quando se trata de Myrna e Powell, difícil é falar um filme que eu ainda não tenha visto.

Excelente post!

As Tertulías disse...

Delícia de postagem, mesmo... Voce conhece o documentário sobre ela, narrado por Kathleen Turner? Lá ela fala uma coisa certíssima: "Esta, das mais americanas das americanas, comecou sua carreira só fazendo papéis de "exótica" - Sim de chinesa à latinas... Incrível!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Estas histórias
de vida
que vem dos filmes
e seus atores
me encantam.


Que haja sempre em ti,
o olhar da alegria.

Suzane Weck disse...

Ola querida Lê,como já sabes,adoro tuas visitinhas,e quando aqui estou,gosto ainda mais,pois sempre tens boas novidades para nós,como por exemplo estas ótimas curiosidades da excelente Mirna Loy.Muito obrigado pelo selinho,estou dando um jeitinho no blog para um espaço de reunir os que possuo até agora de maneira a não ficarem esparsos.Logo logo terei o prazer de vir busca-lo para abrilhantar meu "cantinho".Beijo grande querida amiga.

Danielle Carvalho disse...

Ah, adorei o selinho! Que chique!!

Bjs. Vou compartilhá-lo.
Dani

Mario Salazar disse...

No recuerdo haber visto nada de Myrna Loy pero he visto fotos suyas de joven y esta guapa, echaré una mirada a ver lo de femme fatale, me ha interesado the thin man. También siempre me ha interesado john dillinger, que sea su actriz favorita me genera un interés agregado. Buscaré, y felicitaciones por el premio. Besos!

Clara disse...

Thanks for the award!!! And Myrna rocks of course :)

Citizen Screen disse...

Love this, LE! You know I love Myrna Loy! And really enjoy visiting your blog.

When you can, please send me an email to: citizenscreenclassics@gmail.com so I have your email address for when the WHAT A CHARACTER blogathon schedule is finalized this week.

Aurora

silentbeauties disse...

Muito legal o seu post. Eu não sabia muito sobre a Myrna Loy além dos filmes mudos que fez. Que bom saber que ela não foi esquecida e que teve uma bela e prolífica carreira. Ela merece. Parabéns pela sua pesquisa, como sempre muito bem embasada. Seu blog é uma excelente referência para quem quer saber mais sobre os clássicos. Beijos, até a próxima.

Anônimo disse...

I am not sure where you are getting your info, but good topic.
I needs to spend some

time learning much more or understanding more.
Thanks for fantastic

information I was looking for this information for my mission.



Feel free to visit my webpage: http://www.adoptioneducationclasses.com/classroom/user/view.php?id=22564&course=1

Anônimo disse...

Of course, what a fantastic website and

educative posts, I definitely will bookmark your blog.

Have an awsome day!

Here is my website; dnouglubitelnye-raboty.bosa.org.ua

Anônimo disse...

F*ckin’ awesome things here. I’m very glad to see your post.
Thanks a lot

and i'm looking forward to contact you. Will you kindly drop me a mail?

Also visit my website - http://prnation.org/Paris-Classifieds.htm

Anônimo disse...

wonderful publish, very informative. I wonder
why the other experts of this sector do not understand this.


You must continue your writing. I am confident,
you have a great readers'

base already!

Also visit my web site ... http://www.girlsblogspot.com/

Anônimo disse...

I must convey my passion for your generosity in support of men and women that
absolutely need assistance with this one area of interest.
Your personal commitment to passing the message all around was astonishingly

important and has really made folks much like me to get

to their goals. The insightful guideline implies a whole lot
to me and still more to my peers. Thanks a lot; from everyone of
us.

My page ... http://www.embarazadas.mx

Anônimo disse...

E Marlon Brando??

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...