Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

quinta-feira, 30 de maio de 2013

What’s my Line?

A fórmula é muito simples: adivinhar o que a pessoa faz podendo fazer apenas perguntas a serem respondidas com “sim” ou “não”. Essa brincadeira simples e até infantil de adivinhação deu origem a um dos mais duradouros a amados programas de televisão: o original “What’s my Line?” ficou no ar por 17 anos, entre 1950 e 1967, não sem passar por algumas situações curiosas e trágicas.
A televisão ainda era um meio de comunicação jovem e raro quando surgiu o programa de meia hora nas noites de domingo. Quatro pessoas sentadas em um painel deveriam adivinhar a profissão do convidado. Quando vinha o convidado misterioso, alguém facilmente reconhecível, os competidores usavam máscaras e o travesso convidado disfarçava a voz. Quanto mais diferente a profissão ou quanto mais o convidado enganasse os competidores, melhor para o público. Eu, pessoalmente, adoro quando os competidores não acertam!


Vários esportistas, em especial do mundo do beisebol, foram direto do campo, onde haviam jogado minutos antes, para o estúdio, aparecendo ao vivo no programa. Com certeza os mais divertidos são os artistas convidados, e eu recomendo que vocês vejam os clipas das participações de Yul Brynner e Rosalind Russell.
Uma das principais competidoras no painel era a jornalista Dorothy Kilgallen, que foi morta em 1965. Horas antes, ela havia aparecido ao vivo no episódio em que Tony Randall participa do painel. Tendo várias informações sobre o caso entre Marilyn e John Kennedy, e também havendo a possibilidade de ela saber algo sobre a morte do presidente, a morte de Dorothy foi considerada uma queima de arquivo. Mesmo assim, havia rumores de que ela sofrera uma overdose, pois não eram poucos os boatos de que Dorothy tinha problemas com drogas e bebida, e algumas pessoas garantem que ela aparece um pouco bêbada em alguns episódios. Em todo caso, Dorothy não era a competidora mais querida, uma vez que era muito competitiva e preferia acertar logo a satisfazer o público.
Arlene Francis talvez seja a competidora mais querida e, muitas vezes, a mais divertida. Ela ficou do segundo ao último programa, e só o apresentador John Daly apareceu em mais episódios do que ela.

Ao assistir a esse adorável programa de TV, temos a mesma sensação de ver filmes antigos, e podemos até falar o mesmo: os programas não são mais como antigamente!  

12 comentários:

Iza disse...

Assisti um What's My Line? com o Salvador Dalí e o outro com a Jean Shrimpton. Gostei, sabe? Foi o primeiro programa "vintage" que assisti, rsrsrs. Beijos pra você e ótimo final de semana!

Hugo disse...

Não conhecia este programa e achei no mínimo curiosa a participação de Woody Allen.

Até mais

Pedrita disse...

nossa, não me lembrava dessa adivinhação, ainda mais de filmes sobre. adorei o post. beijos, pedrita

Ruby disse...

Oi Lê, já vi muitos no youtube, claro dos meus preferidos e no tumblr muitos gifs, muito legal, devia ter mesmo muita audiência. Post legal. Gostei!

Mario Salazar disse...

No conocía el programa pero se ve muy divertido, me gusta la participación de Woody Allen, se le ve muy simpático, creo que de viejito me da otra imagen, un poco más gruñón y menos social, pero aquí se ve muy agradable y social, incluso le silban cuando no es muy guapo y pone una cara de reírse de la broma. Estupendo. Un beso.

Didi Iashin disse...

E você pode encontrar alguns programas de rádio na site archive.org. Para treinar o inglês ...

Verônica Reis disse...

Letícia. Eu adoro seu blog, você sempre traz curiosidade maravilhosas! Cultura mesmo. Não pude assistir pois estou no trabalho, mas assim que chegar em casa assisto.

Um beijo
Humble Opinion

Suzane Weck disse...

Ola amiga,sensacional trazeres á tona este programa tão gostoso da TV americana.Assisti á muitos deles e sempre participava mentalmente com as respostas .Gostei demais da postagem.Bjs.SU

Rubi disse...

Adoro este programa Lê!
Já vi vários pela internet, e acredite: conheci por acaso, fazendo uma busca por documentos da Anna Magnani. Nem preciso dizer que a participação dela é uma das minhas preferidas, certo?

E que tagédia,não? Desconhecia esse fato.

Excelente post!
Beijos!

Gilberto Carlos disse...

Nunca tinha ouvido falar do programa, mas devia ser muito bom, para durar muito tempo. Também gostei desse tipo de programas por um tempo, como o Show do milhão SBT.

FlickChick disse...

Oh, Le, I remember this show so well! I will always remember how Arlene Francis dressed as though she was going to meet the Queen and the big scandal when Dorothy Killgalin died. I remember my mother whispering that booze and pills don't mix and I remember thinking "poor Dorothy - how unhappy she must have been."

Jefferson C. Vendrame disse...

Lê que legal seu resgate. Conhecia o WHAT´S MY LINE do youtube já a algum tempo. Vi a participação de vários astros e estrelas da época de ouro de Hollywood. No entanto, como não domino o inglês, infelizmente (algo que o mais rápido quero reparar)para mim o programa só tem o valor visual, uma vez que não entendo bulhufas do que esta sendo dito.... :(

Parabéns pelo post,

Abração

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...