Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Drummond e o cinema clássico

Olá, amigos!! Sou uma grande apreciadora de literatura: leio muito, de quase tudo, adoro estudar as vidas e as obras dos mais diferentes autores. Um dos meus favoritos é o poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987). Como pessoa sensível e observadora no seu tempo, “o breve século XX”, ele escreveu muito sobre os marcantes acontecimentos da época. Mas não foi só sobre isso que o poeta versou: sendo também um consumidor de arte nos anos 1900, Drummond também falou sobre as estrelas e os filmes clássicos. Como os poemas são vários e um pouco extensos (por favor, não fique desestimulado a ler porque eles são grandes, vale à pena) para colocar em um post, aqui vão alguns links:

Canto ao homem do povo Charles Chaplin:
http://www.lumiarte.com/luardeoutono/drummond1.html



Joan Crawford: In Memorian
(o poema está na página 16 – desculpe por estar num formato tão esquisito, foi muito difícil achá-lo) http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/banco_objetos_crv/4_A_LITERATURA_EM_DIALOGO_COM_OUTRAS_ARTES.pdf



Os 27 filmes de Greta Garbo: http://pracadapoesia.blogspot.com/2011/02/os-27-filmes-de-greta-garbo.html


A Carlito: http://mila-chaplin.blogspot.com/2007/10/carlito-carlos-drummond-de-andrade.html


Outros dois poemas, chamados “O Grande Filme”, sobre Intolerância, de 1916,e “Retrorelâmpago de amor visual”, que cita várias atrizes clássicas que Carlos considera como suas namoradas, são muito pouco conhecidos e, portanto, não consegui encontrá-los. Se tiver um tempo, digito-os para vcs.
Beijos cinematográficos,
Lê ^_^

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...