} Crítica Retrô: Gandhi (1982)

Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

Tuesday, April 12, 2011

Gandhi (1982)

O exemplo máximo de pacifista do nosso tempo, uma das maiores personalidades do século XX, um benfeitor indiano sem o qual seu país não sairia do jugo neocolonial da Inglaterra. Assim como os feitos do biografado, Gandhi é um filme grande, tanto em questões técnicas (cenários, figurantes, duração) quanto em apelo popular.
Com vocês, o biografado: Mohandas Kharamchand Gandhi (1869 - 1948) foi um advogado e ativista político indiano. Lutou contra a discriminação, a segregação e o domínio inglês no território da Índia. Suas táticas de luta eram alternativas e diferentes: pregava a não-violência e a desobediência civil frente às leis e soldados ingleses. Ironicamente, essas táticas muitas vezes levavam multidões à morte. Foi apelidado de “Mahatma” (a grande alma) e tido como símbolo da lua dos mais humildes.
Licença Cinematográfica: Alguns detalhes passaram em branco, como modelos de carros de época e determinados hábitos e comportamentos.
 Quando Gandhi é mandado para a classe econômica do trem, logo no início do filme, note que a primeira classe, de onde ele sai, é um dos primeiros vagões. Isso seria impossível, pois a proximidade das caldeiras tornaria a classe VIP infernal, literalmente. 
Coisa de Cinema: O ator Bem Kingsley, que interpreta Gandhi, nasceu na mesma província que Mahatma. Ele emagreceu, fez ioga e tentou viver segundo os preceitos do grande líder para vivê-lo nas telas. Deu resultado: além de ganhar o Oscar de Melhor Ator, a semelhança foi tão grande que muitos indianos acreditaram que Ben era o fantasma de Gandhi.
Coincidentemente, o hotel em que Gandhi se hospedou na Inglaterra se chamava “Kingsley Hall”!

8 comments:

Carla Marinho said...

Oi Lê,

vai lá ver o blog homenageado da semana, que é o Vintage, da Junia. http://blogsdecinemaclassico.blogspot.com/2011/04/blog-da-semana-vintage.html

Kamila said...

Eu gosto muito desse filme, mas acho que ele envelheceu muito... Ficou datado demais!

Gilberto Carlos said...

Parabéns pelo blog, Lê, muito bom! Abraço forte!

Anonymous said...

Tenho esse filme faz um tempão já, mas, confesso que sua longa duração me incomoda um pouco, mas verei qualquer dia desses, espero que sejam um filmão mesmo.

ANTONIO NAHUD said...

Grande interpretação de Ben Kingsley. E Gandhi é pura lição de vida.

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

Unknown said...

Engraçado que apesar de gostar dos clássicos, nunca vi esse filme.
É uma vergonha, eu sei.

http://www.artearoundtheworld.blogspot.com/

João de Deus Netto said...

Olá, Lê(tícia), desculpe a demora em visitar seu maravilhoso blog! Que grata e agradável surpresa assistir uma guria de 17 anos saber tando do cinemão clássico dos meus tempos. Que beleza!
Sou João de Deus Netto, designer gráfico, caricaturista e blogueiro dos blogs CinemaScope e Picinez.
Bom também porque já posso contar com mais uma fonte de pesquisas.
Abração!!!!

Alexandre Figueiredo said...

A semelhança de Ben Kingsley com Gandhi é impressionante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

https://compre.vc/v2/335dc4a0346