Tradutor / Translator / Traductor / Übersetzer / Traduttore / Traducteur / 翻訳者 / переводчик

domingo, 3 de abril de 2011

Chaplin (1992)

Uma obra admirável e uma vida mais ainda. Um dos maiores comediantes do cinema, Chaplin não teve uma trajetória alegre, mas conseguiu fazer humor com simplicidade e tornar outras existências mais felizes. E com maestria Richard Attenborough nos presenteou com mais uma inspiradora cinebiografia.
Com vocês, o biografado: Charles Spencer Chaplin (1889 – 1977) dispensa apresentações.


Licença Cinematográfica: No filme fica a impressão de que o filho de Chaplin com Mildred Harris nunca veio a nascer. No entanto, ele nasceu e sobreviveu por apenas três dias.
Embora a caracterização de Robert Downey Jr esteja impecável, um detalhe passou em branco: Chaplin tinha olhos azuis.
No filme, a estréia do personagem Carlitos, o vagabundo, é em uma confusão durante um casamento. Na realidade, o filme de estréia do famoso personagem é “Kids Auto Races at Venice”, um curta de 1914.
O filme sendo rodado quando Chaplin chega aos EUA é “The Adventurer” (1917), logo há um erro cronológico.
O repórter para quem Chaplin conta sua vida ao longo do filme, interpretado por Anthony Hopkins, é fictício.
Aparentemente, Charles, mesmo sendo amigo de Douglas Fairbanks, não gostava de Mary Pickford. Ele a define como “a small-sized bitch” (uma vadia baixinha).
A Crítica Retrô: Mais um bom filme de Attenborough, “Chaplin”, baseado em dois livros ( um deles uma autobiografia) mostra os mais importantes momentos da vida do ator/ diretor/ roteirista/ compositor. A infância pobre, a mãe alcoólatra (interpretada por Geraldine Chaplin), a ida para os Estados Unidos, a era muda, os escândalos amorosos. Com muitas reconstruções e poucas cenas originais, a produção é grandiosa e inspiradora.   

7 comentários:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Viva Chaplin, Lê! Um gênio inesquecível.

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

acullen disse...

oi Lê =)
uma graça seu blog, muito legal o/

olha só, aquele blog, o convergencia cinefila, não é meu, eu só estou postando por lá pra dar uma força pro dono do blog que precisou se ausentar

meu blog mesmo é esse aqui
http://acullendontpanic.blogspot.com/

e tenho um que fiz pra um amigo que tem um video que acho que voce vai gostar ;)
http://parajohndoe.blogspot.com/2011/02/moonriver.html

é tão divertido isso, né, postar sobre coisas que a gente curte, pena que tenho muito pouco tempo livre

Rubi disse...

Apesar de não ser muito fã de Chaplin, tenho que admitir que ele marcou uma época na história do cinema.

Tive a oportunidade de ver alguns de seus filmes, mas o que me chamou atenção foi : Tempos Modernos, apesar de tudo, é um filme ótimo!
Parabéns pelo post.

Roberto (Fonfagu) disse...

Olá Lê, muito bom seu blog!

A escolha dos filmes, os textos, as informações...ótimo!

Já virei seguidor!

Dewonny disse...

Olá, tbm curti seu blog!
Gosto bastante de cinema clássico!
Chaplin é o cara! Vi a maioria dos filmes dele!
Indiquei teu blog no meu e virei teu seguidor!
Até mais!
Abs! Diego!

Victor Yamaguchi disse...

É um filme realmente interessante que mostra a vida de um dos maiores gênios do cinema. Acredito que jamais haverá alguém que consiga transmitir tão bem os sentimentos pela expressão corporal como Chaplin.

Sarah disse...

O teu blogue é sem dúvida cinema clássico, parabéns, gostei bastante! Chaplin é genial, indescritível! O maior cineasta de todos os tempos.

Sarah
http://depoisdocinema.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...